sexta-feira, 10 de julho de 2020
Busca

Política

Política

Ministério da Educação: Decotelli apresenta carta de demissão a Bolsonaro

Decotelli teria "inflado" o seu currículo na plataforma Lattes do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPQ)

Por Carlos Rocha

14h45 - Atualizado 30/06/2020 às 16h56
Foto: GERALDO MAGELA / AGÊNCIA SENADO

Apenas cinco dias após ser nomeado sucessor de Weintraub no Ministério da Educação, Carlos Alberto Decotelli preparou e apresentou uma carta de demissão direcionada ao presidente Jair Bolsonaro na tarde desta terça-feira (30). As informações são da CNN Brasil.

Algumas cidades da Paraíba registraram temperaturas abaixo dos 15 graus; confira

O principal fator que levou a breve passagem do economista pelo cargo chegar ao fim foram os questionamentos de inconsistências nas informações acadêmicas. Decotelli teria "inflado" o seu currículo na plataforma Lattes do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPQ).

Chuvas de 2020 reduziram área de seca em território paraibano, aponta ANA

Acusações de plágio na dissertação de mestrado, omissões e informações falsas no currículo do novo ministro criaram um mal-estar no Palácio do Planalto e rumores de que houve fragilidade da Abin (Agência Brasileira de Inteligência), órgão ligado ao GSI. Auxiliares defendiam que um pente-fino deveria ser feito antes de qualquer nomeação.

Leia também: Cardume de lagostas aparece em praia e chama atenção de moradores, no Litoral da PB

Siga nosso Instagram Facebook e fique bem informado! 

Adicione o WhatsApp do Portal T5: (83) 9 9142-9330.