segunda-feira, 30 de novembro de 2020
Busca

Política

Política

Ruy, Wallber, Edilma e Raoni não vão apoiar nenhum candidato no 2º turno

Os candidatos ficaram em 3º, 4º, 5º e 7º lugar respectivamente

Por Carlos Rocha

19h00 - Atualizado 18/11/2020 às 19h12
Foto: Reprodução/ TV Tambaú

Ruy Carneiro, do PSDB, que ficou em terceiro lugar no primeiro turno em João Pessoa, com uma diferença de menos de mil votos do segundo colocado, informou, nesta quarta-feira (18), que não vai apoiar nenhum dos dois candidatos que disputam a prefeitura da capital. Cícero Lucena (Progressistas) e Nilvan Ferreira (MDB) devem se enfrentar no segundo turno.

"Para mim o recado das urnas foi claro. A população não deseja de forma alguma a minha adesão a nenhuma das duas candidaturas em disputa, por isso comunico a decisão de assumir uma postura de independência. A minha missão será de exercer com firmeza o papel de fiscalização da próxima gestão municipal, seja quem for o prefeito. Vou cobrar exigir mudanças apontar os erros, mas principalmente indicar soluções. A missão que recebi das urnas é a de defender os interesses da população. Continuo deputado federal e já nos próximos dias vou destinar recursos para tirar do papel algumas das propostas que apresentei na campanha", informou em vídeo.

Quem também anunciou independência e liberou os eleitores para fazer a escolha que quiserem foi Raoni Mendes. O candidato dos Democratas ficou em 7º lugar na disputa a prefeitura da capital. Ele prometeu assumir uma postura de fiscalização da nova gestão municipal da capital.

Edilma Freire, do PV, apoiada pelo atual prefeito Luciano Cartaxo, também disse que ficará neutra no segundo turno. A informação foi repassada a partir de uma nota à imprensa.

"PV declara neutralidade e garante transição segura e transparente. Entendemos que os dois  candidatos que passaram ao segundo turno não representam os ideais e o modelo de gestão adotado pelo PV. Neste cenário, o PV do atual prefeito Luciano Cartaxo e da candidata Edilma Freire se sente à vontade para declarar neutralidade neste segundo turno", diz um trecho na nota.

Wallber Virgolino, do Patriota, liberou os eleitores para tomarem sua decisão e declarou que não deve apoiar nenhum candidato no segundo turno.

Confira o resultado no 1º turno:

  • Cícero Lucena (Progressistas) - 75.610 votos (20,72%)
  • Nilvan Ferreira (MDB) - 60.615 votos (16,61%)
  • Ruy Carneiro (PSDB) - 59.730 votos (16,37%)
  • Wallber Virgolino (Patriota) - 50.801 votos (13,92%)
  • Edilma Freire (PV) - 47.157 votos (12,93%)
  • Ricardo Coutinho (PSB) - 38.969 votos (10,68%)
  • Raoni Mendes (Democratas) - 15.582 votos (4,27%)
  • João Almeida (Solidariedade) - 6.312 votos (1,73%)
  • Anísio Maia (PT) - 5.431 votos (1,49%)
  • Ítalo Guedes (PSOL) - 2.403 votos (0,66%)
  • Carlos Monteiro (Rede) - 949 votos (0,26%)
  • Rafael Freire (UP) - 865 votos (0,24%)
  • Rama Dantas (PSTU) - 345 votos (0,09%)
  • Camilo Duarte (PCO) - 82 votos (0,02%)
  • Brancos: 16.109 (3,92%)
  • Nulos: 30.189 (7,34%)

Leia também:

Mister morre em acidente de moto em rodovia no interior da Paraíba

Após 400 cirurgias, apresentadora atacada com ácido pelo ex faz desabafo

PRF e PM apreendem mercadorias sem documentação fiscal avaliadas em mais de R$ 300 mil no sertão paraibano

Parte de falésia da praia de Pipa desaba e mata três pessoas da mesma família