Paraíba, quarta-feira, 22 de maio de 2019
30° C
Busca

Política

Política

Pedro Cunha Lima se diz estimulado por presidir Comissão de Educação: “Precisamos de mudanças”

Deputado tucano deve ser confirmado à frente da comissão no decorrer da semana

Por Vitor Feitosa

19h34 - Atualizado 13/03/2019 às 06h29
Pedro Cunha Lima (PSDB-PB)
Pedro Cunha Lima (PSDB-PB) Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados

O deputado federal paraibano Pedro Cunha Lima (PSBD) foi confirmado nesta semana como o novo presidente da Comissão de Educação da Câmara dos Deputados. Além dele, outros jovens parlamentares devem integrar o colegiado, a exemplo de Tabata Amaral (PDT-SP), Tiago Mitraud (Novo-MG) e Marcelo Calero (PPS-RJ).

À equipe da TV Tambaú em Brasília, Pedro afirmou que estará empenhado em trabalhar em prol de melhorias na educação no país.

“Estou muito estimulado com essa possibilidade. A gente tem um desafio imenso na educação do Brasil. Vivemos um drama educacional, precisamos de várias mudanças. Então é um espaço que exige toda responsabilidade, todo empenho. Estou muito focado em poder deixar minha contribuição se amanhã, depois da instalação, eu puder exercer essa função”.

O deputado também explicou que o foco de seu trabalho será na educação básica. Além disso, segundo ele, assumir a presidência da comissão o faz encontrar um propósito em seu ofício, servindo de amparo para pessoas que precisam.

“A minha prioridade na política é a primeira infância, é a educação infantil, a assistência no começo da vida. Eu penso que se a gente conseguir distribuir oportunidades e que cada um consiga ter um espaço pra desenvolver o seu talento – e todo mundo tem um talento a oferecer -, aí sim a gente combate a desigualdade social, que é a função de todo e qualquer governo. E na Comissão de Educação não vai ser diferente, com foco absoluto na primeira infância. A gente vive num país ainda muito desigual, muito desumano, injusto, e a gente cultiva a esperança de que possamos fazer algo para melhorar essa situação, para fazer justiça social”, complementou.

Leia também:

Entenda tudo sobre o caso das crianças abusadas em escola particular de João Pessoa

Família de Marielle na PB comenta prisão: "Nada vai amenizar a dor de perdê-la"