Paraíba, sexta-feira, 23 de agosto de 2019
30° C
Busca

Política

Política

Suposto câncer e complicações da cirurgia são fake news, revela Bolsonaro

No documento foram negadas várias informações consideradas incorretas pelo presidente e que estavam sendo veiculadas através das chamadas fake news.

Por Redação Portal T5

09h54 - Atualizado 14/02/2019 às 09h57

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) revelou que eram fake news as informações que estaria com suspeita de câncer e problemas ocasionados após a cirurgia.

A informação foi dada através de nota lida pelo porta-voz da presidência, Otávio do Rêgo Barros.

“Em nenhum momento houve suspeita pré-operatória ou durante a internação com relação a câncer. E os diversos exames de imagens feitos ao longo da internação reiteraram a ausência desta doença”, declarou Barros.

A nota informa que a maioria das infecções hospitalares é associada a dispositivos ou procedimentos. No entanto, a infecção que provocou a pneumonia de Bolsonaro teve outra origem. “A despeito das inúmeras culturas colhidas, em nenhum momento houve identificação de infecção dessa natureza. A pneumonia decorreu, muito provavelmente, de aspiração de conteúdo gástrico, condição que pode ocorrer em situações de pós-operatório prolongado”, destacou o porta-voz.

Barros também esclareceu, através da nota informações sobre a possível fístula que foi descartada.

No pós-operatório, os médicos identificaram, por meio de exames de imagem, uma variação líquida ao lado do intestino de Bolsonaro, próximo à região onde ficava a bolsa de colostomia. A substância foi drenada com esterilização de sangue sem características de pus e com culturas que se seguiram negativas, destaco Barros. “Desta forma, tanto as culturas quanto as imagens descartaram a ocorrência de fístula ou outras complicações cirúrgicas.”