sexta-feira, 14 de agosto de 2020
Busca

Política

Política

Bolsonaro tem alta e deixa hospital após internação por acidente doméstico

Nota divulgada informa que o presidente foi reavaliado pela equipe médica, "tendo recebido alta hospitalar com orientação de repouso no Palácio da Alvorada".

Por Redação Portal T5

09h37

FÃBIO PUPO
BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O presidente Jair Bolsonaro teve alta e deixou o Hospital das Forças Armadas por volta das 7h30 desta terça-feira (24). De acordo com a assessoria da Presidência da República, Bolsonaro teve uma noite tranquila e "sem intercorrências".

Nota divulgada informa que o presidente foi reavaliado pela equipe médica, "tendo recebido alta hospitalar com orientação de repouso no Palácio da Alvorada".

+ Homem é baleado enquanto estava em praça no Litoral Norte da Paraíba

+ Bandidos usam caminhão de lixo para roubar posto de gasolina, em João Pessoa

Ele sofreu uma queda no Palácio da Alvorada e foi levado na noite de segunda-feira (23) para o hospital, que fica no setor Sudoeste, em Brasília. 

De acordo com boletim de segunda-feira, divulgado por volta das 23h, Bolsonaro foi atendido pela equipe médica da Presidência e, depois, levado ao hospital para exames.

"Foi submetido ao exame de tomografia computadorizada do crânio, que não detectou alterações."

+ Com serra, criminosos violam cofre e roubam posto de combustível em João Pessoa

+ “Precisa fazer tomografia para constatar a morte”, diz familiar de jovem que teve objetos esquecidos dentro do corpo


Ainda de acordo com o Planalto, Bolsonaro teria que ficar em observação no hospital por um período de 6 a 12 horas.

Segundo relatos não oficiais, a queda teria se dado em um dos banheiros do palácio.

O ministro do GSI (Gabinete de Segurança Institucional), Augusto Heleno, chegou ao hospital um pouco depois do comboio presidencial. Segundo ele, a queda "não foi nada de mais" e o presidente "está bem". 

A saúde do presidente inspira cuidados desde que ele foi vítima de um ataque à faca, em setembro de 2018, durante um ato de campanha em Minas. Desde então, Bolsonaro já passou por quatro cirurgias.

+  Homem salva criança de 5 anos de ataque de pitbull

João Azevêdo determina fim das organizações sociais em hospitais da Paraíba

Após passar por exames no último dia 11, o presidente disse que poderia ter câncer de pele. No dia seguinte, acusou a imprensa de fazer fake news com o caso. Em entrevista no último sábado (21), Bolsonaro afirmou que o resultado da biópsia afastou a possibilidade de ele ter a doença.