sábado, 08 de agosto de 2020
Busca

Política

Política

Vice-governadora da Paraíba é vaiada durante evento com Bolsonaro

Por Redação Portal T5

11h40 - Atualizado 11/11/2019 às 13h17

A vice-governadora da Paraíba, Lígia Feliciano, foi vaiada durante o evento de entrega das chaves do Complexo Aluízio Campos, em Campina Grande. A solenidade desta segunda-feira (11) teve a presença do presidente da República Jair Bolsonaro.

“A grandeza da política é a gente separar a gestão da política, por que não existe nada pior do que a desunião. E hoje o que vemos aqui, e eu venho referendar e parabenizar o prefeito e todos que trabalharam em prol dessa obra, é a união. Eu aprendi na minha vida pública que disputa políticas, que guerras, não interessam a ninguém. Aqui não houve diferenças políticas, por que o conjunto começou nesse ou naquele governo. Hoje termina uma história. Como vice-governadora, digo que não existe povo de oposição, nem de situação. Existe um povo só, o povo paraibano, discursou.

Leia Também

+ Vídeo: Secretária da PMJP vai à CG tentar receber recursos para a barreira do Cabo Branco

+ Bolsonaro é recebido por políticos, apoiadores e manifestantes em Campina Grande

+ Vídeo: Cássio é ovacionado no Aluízio Campos

Moradias Com aporte de R$ 262,5 milhões da União, o Conjunto Habitacional Aluízio Campos será o lar de cerca de 16 mil pessoas. Construído com recursos do Fundo de Arrendamento Residencial (FAR) para famílias com renda mensal de até R$ 1,8 mil, o Conjunto Habitacional Aluízio Campos tem proporções de um grande bairro. Possui ao todo 4,1 mil unidades habitacionais, sendo 3.012 casas e 1.088 apartamentos avaliados em R$ 61 mil cada.

As casas são do tipo térrea, com 43,34 m², sala para dois ambientes, um quarto para solteiros e um quarto para casal, além de cozinha, banheiro e uma área de serviço externa. Os apartamentos seguem a mesma linha e possuem um pouco a mais de área construída, chegando 48,52 m². Todos são equipados com kits de energia solar.

O Aluízio Campos reservou uma parte de suas moradias a famílias de pessoas com deficiência e com bebês vítimas de microcefalia. O empreendimento tem 70 ruas asfaltadas e duas avenidas com acesso à BR-104. Nas áreas de educação e saúde, foram investidos recursos para a construção de três creches, duas escolas, dois ginásios cobertos, duas Unidades Básicas de Saúde (UBS), um Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) e dez praças com academias de saúde.