segunda-feira, 18 de novembro de 2019
Busca

Política

Política

Trump recebe pedaço do muro de Berlim enviado por ativistas alemães

Por Redação Portal T5

01h00 - Atualizado 09/11/2019 às 22h37

BERLIM, ALEMANHA (FOLHAPRESS) - Cidadãos de Berlim mandaram para o presidente americano, Donald Trump, um pedaço do Muro de Berlim com uma mensagem.

Pilar da oposição será economia de Guedes, diz Lula em discurso

A pesada carta chegou à frente da Casa Branca neste sábado (9), aniversário de 30 anos da queda do muro que dividiu o país europeu durante parte da Guerra Fria.

O objetivo é lembrar ao presidente americano do compromisso americano de construir um mundo sem muros. O projeto é de responsabilidade da Iniciativa Offene Gesellschaft (Open Society, em inglês)."Esse é um pedaço original do Muro de Berlim. Por 28 anos, separou leste e oeste, famílias e amigos", diz o texto escrito no pedaço de muro. "Muitas pessoas morreram tentando atravessar o Muro, e o único crime delas foi o desejo de ser livre."

A administração Trump tem construído um muro na fronteira com o México.
O anúncio do envio foi feito durante o encerramento da conferência científica Falling Walls por um dos fundadores do evento, Sebastian Turner. "O tamanho de um presidente americano pode ser indicado pela habilidade dele de lutar contra muros", disse Turner. "O presidente não estava em casa e os seus representantes não aceitaram. Tudo bem, esse pedaço de muro irá para San Diego, para El Paso e outros lugares nos quais não precisamos de muros."

Turner, por fim, citou uma frase atribuída a Abraham Lincoln: "Você pode enganar todas as pessoas em alguns momentos, você pode enganar algumas pessoas o tempo todo, mas você não vai conseguir enganar todas as pessoas o tempo todo."

Leia a íntegra da carta:
"Caro Presidente Trump,
Esse é um pedaço original do Muro de Berlim. Por 28 anos, separou leste e oeste, famílias e amigos.
Dividiu não somente Berlim e a Alemanha, mas todo o mundo. Muitas pessoas morreram tentando atravessar o muro, e o único crime delas foi o desejo de ser livre. Hoje, o mundo celebra o 30º aniversário da queda do Muro de Berlim. A Alemanha está novamente unificada e em Berlim apenas alguns pedaços nos lembram que nenhum muro é para sempre.
Por décadas os Estados Unidos tiveram um papel central em trazer esse muro abaixo. De John F. Kennedy a Ronald Reagan, os presidentes dos EUA lutaram contra o muro.
Gostaríamos de lhe dar uma das últimas peças do fracassado Muro de Berlim para comemorar a dedicação dos Estados Unidos para construção de um mundo sem muros.
Cidadãos de Berlim"
*O jornalista viajou a convite do governo da Alemanha

Leia mais: Após soltura de Lula, Bolsonaro falta a entrevista e evita imprensa

Bolsonaro transfere Secretaria da Cultura para a pasta do Turismo