Paraíba, segunda-feira, 25 de março de 2019
30° C
Busca

Política

Política

Brasil pode sediar governo paralelo da Venezuela; entenda

Grupo formado por 14 países, contesta o segundo mandato de Nicolás Maduro.

Por Redação Portal T5

05h35

O Brasil planeja sediar um governo paralelo ao da Venezuela caso o atual presidente Nicolas Maduro, continue no cargo. A posse para o segundo mandato, marcada nessa quinta-feira (9), está sendo contestada pela oposição e pelo Grupo de Lima, formado por 14 países.

 A estratégia para barrar Maduro é o Tribrunal Supremo de Justiça em exílio da Venezuela, declarar o não reconhecimento do novo mandato. A corte, formada por 33 juízes, funciona atualmente em Washington, é reconhecida pela OEA (Organização dos Estados Americanos) e tem o poder de declarar vaga a presidência da Venezuela. O Grupo de Lima pretende dar suporte a um governo de Transição, fora do país.

 Fontes do governo brasileiro confirmam que a sede de uma possível administração paralela pode ser aqui no Brasil.

SBT