Paraíba, quinta-feira, 18 de outubro de 2018
25° C
Busca

Política

Política

Operação que investiga Wilson Filho faz buscas em gabinete de Cristiane Brasil

A prisão dos deputados foi pedida pela Procuradoria Geral da República (PGR)​, mas foi negada pelo ministro Edson Fachin, como informou o jornal Extra. ​

Por Redação Portal T5

10h09

Foi deflagrada nesta terça-feira (12), pela Polícia Federal, a segunda fase da operação Registro Espúrio, que investiga uma organização criminosa que atua na concessão fraudulenta de registros sindicais junto ao Ministério do Trabalho.

O gabinete da deputada federal Cristiane Brasil (PTB-RJ) foi um dos alvos da operação. Ela é filha do ex-deputado federal Roberto Jefferson, presidente nacional do PTB.

Foram cumpridos três mandados de busca e apreensão, expedidos pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, em Brasília e Rio de Janeiro.

A operação Espúrio iniciou no dia 30 de maio. Um dos investigados foi o deputado federal da Paraíba Wilson Filho (PTB-PB), juntamente com Paulinho da Força (SD-SP) e Jovair Arantes (PTB-GO).

Além dos parlamentares, a PF cumprIU 64 mandados de busca e apreensão, 8 de prisão preventiva e 15 de prisão temporária, além de outras medidas cautelares.

+ Wilson Filho nega participação em esquema criminoso de concessão de registros sindicais

A prisão dos deputados foi pedida pela Procuradoria Geral da República (PGR), mas foi negada pelo ministro Edson Fachin, como informou o jornal Extra.