Paraíba, segunda-feira, 27 de maio de 2019
30° C
Busca

Paraíba

Política

Radialista paraibano é denunciado após publicar foto da urna no Instagram

Emerson Machado foi denunciado por quebra do sigilo de voto, neste domingo (28)

Por Carlos Rocha

17h54 - Atualizado 28/10/2018 às 20h27
Foto: Reprodução/ Instagram

Através de um aplicativo disponibilizado pela Justiça Eleitoral, o radialista e ex-candidato a deputado federal pelo Avante, Emerson Machado, conhecido como "Mofí", foi denunciado por quebra do sigilo de voto, neste domingo (28). Ele publicou uma foto de uma urna eletrônica, com mensagem a favor do candidato à Presidência da República pelo PSL Jair Bolsonaro.

+ Jornalista paraibana é agredida com soco no rosto quando comemorava vitória de Bolsonaro

Eleitor é preso em João Pessoa após fotografar voto na urna

De acordo com o Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (PSL) a denúncia foi recebida por volta do meio dia deste domingo (28).

O radialista, apesar da candidatura, não conseguiu se eleger. Ele obteve pouco mais de 33 mil votos. A denúncia apontou que o caso foi registrado na zona 76 seção 582. Emerson apagou a publicação logo após o registro da denúncia

Leia Mais: Homem é preso após incendiar urna em Fortaleza

Um outro eleitor, identificado como Valdemar Júnior, publicou um vídeo no status do WhatsApp no momento da votação diante de uma urna eletrônica. Na gravação aparece tanto a urna como voto do eleitor. O caso está sendo investigado.

Leia Mais: Eleitor é preso por colar adesivo em urna eletrônica na Paraíba

+ Eleitor não deixa urna e vota duas vezes para presidente no Recife

+ Vândalos danificam imagens com nome de candidato em igreja na Paraíba

+ Eleitor é preso em João Pessoa após fotografar voto na urna

+ Eleitor é preso por colar adesivo em urna eletrônica na Paraíba

+ Eleitor de Palmas-TO rasga roupa de mesário após ser barrado

+ Vereadora é presa suspeita de compra de votos em Alagoas

+ Vídeo: Justiça decreta prisão de eleitor que agrediu mesária ao achar que urna estava fraudada

+ Ameaça de bomba faz colégio eleitoral ser esvaziado, no DF