TV Tambaú
Jovem Pan
Nova Brasil Maceió
º
denúncia

Ao vivo: Câmara vota denúncia contra Temer 

O resultado favorável ao peemedebista já é dado como certo.

Por Redação Publicado em
Temer Votacao

A votação da segunda denúncia contra o presidente Michel Temer (PMDB), marcada para esta quarta-feira (25), a partir da 9h, não deve trazer surpresas -- o resultado favorável ao peemedebista já era dado como certo tanto pela base governista quanto pela oposição. Até a véspera, o principal assunto na Câmara dos Deputados já era "o dia seguinte".

A questão central para os parlamentares é qual será o tamanho da vitória, visto como determinante para medir a força do governo nos próximos meses. Um placar inferior ao da primeira denúncia –263 a 227--, pode, segundo deputados ouvidos, forçar a adoção de um "parlamentarismo informal", com protagonismo do Congresso. A avaliação é que, enfraquecido, Temer terá que se submeter previamente as principais pautas do governo aos presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), que atuariam mais como espécie de CEOs (executivos) de uma empresa. A ele, caberia o papel de "presidente do conselho".

Uma vitória mais robusta, por outro lado, possibilitaria ao governo encampar propostas como alguns itens da polêmica Reforma da Previdência ou da tributária. Para isso, o importante seria garantir pelo menos, o mesmo número da primeira denúncia, que superou a maioria absoluta da Câmara (257). Para dar prosseguimento à denúncia, a oposição precisa de pelo menos 342 votos.

A base trabalha com a estimativa de que a denúncia será rejeitada por 260 a 270 deputados. Cientes de que não têm os votos necessários para derrotar Temer, os oposicionistas pretendem adiar a votação, convencendo deputados a não registrar presença nesta quarta. O quórum para iniciar a votação é de 342 deputados. O objetivo é ganhar tempo para fazer o presidente "sangrar".

Por Uol.



Relacionadas