Paraíba, quarta-feira, 16 de outubro de 2019
30° C
Busca

Portal T5

Operação Xeque-Mate

Leto Viana confessa crimes apontados pela Xeque-Mate em depoimento à PF

Ex-prefeito de Cabedelo está preso há mais de um ano, considerado o líder de uma organização criminosa que atuava no município

Por Redação Portal T5

19h47 - Atualizado 29/04/2019 às 19h51
Leto Viana foi preso inicialmente em abril de 2018, logo após deflagração da Operação Xeque-Mate
Leto Viana foi preso inicialmente em abril de 2018, logo após deflagração da Operação Xeque-Mate Foto: Arquivo/Vitor Feitosa/Portal T5

O ex-prefeito de Cabedelo Leto Viana, que está preso no 1º Batalhão de Polícia da Paraíba (1º BPM) desde abril do ano passado, confessou os crimes investigados pela Operação Xeque-Mate em um depoimento concedido à Polícia Federal.

O documento expedido pela Superintendência Regional da PF revela que Leto prestou o depoimento no último dia 9 de abril, para o delegado da Polícia Federal Fabiano Emídio de Lucena.

Operação Xeque-Mate completa 1 ano: veja como as investigações mudaram a política em Cabedelo

Apontado como o líder da organização criminosa que atuava no município da Grande João Pessoa, o ex-gestor detalha como aconteceu a compra de mandato de Luceninha, que era o prefeito de Cabedelo e renunciou ao mandato em 2013, para que o próprio Leto assumisse.

Na declaração, ele ainda cita outros envolvidos dentro do esquema que vem sendo investigado pela Polícia Federal e pelo Gaeco do Ministério Público da Paraíba (MPPB-PB) desde o ano passado.

Ao Portal T5 e TV Tambaú, a defesa de Leto Viana informou que vai se posicionar a respeito do depoimento apenas nesta terça-feira (30).

Leia também:

IFPB troca banca organizadora de três concursos em andamento

Apresentadora desaparece durante passeio de barco com marido em Ilhabela