Paraíba, sexta-feira, 19 de julho de 2019
30° C
Busca

Portal T5

Operação Xeque-Mate

Sem curso superior, Roberto Santiago foi levado ao 1º BPM por questão de segurança, diz advogado

A defesa do empresário afirmou que a prisão especial foi fruto de um acordo durante a audiência

Por Carlos Rocha

12h57 - Atualizado 22/03/2019 às 15h47

O empresário Roberto Santiago chegou por volta as 12h30 na sede do 1º Batalhão da Polícia Militar da Paraíba, no centro de João Pessoa após passar por audiência de custódia. Ele deve ficar preso preventivamente na carceragem do Batalhão apesar de não ter curso superior.

Segundo os advogados do empresário, a carceragem em prisão especial foi fruto de um acordo por questão de segurança do empresário. Ele chegou escoltado por carros da Polícia Federal.

Conforme um dos advogados de Roberto não havia nenhuma chance do empresário ser liberado.