Paraíba, sábado, 24 de agosto de 2019
30° C
Busca

Portal T5

Operação Xeque-Mate

"Essa é a quinta denúncia contra Roberto Santiago", dizem PF e MP após prisão do empresário

Polícia Federal concedeu coletiva de imprensa para esclarecer o caso

Por Vitor Feitosa

11h15 - Atualizado 22/03/2019 às 12h12
Polícia Federal concede coletiva de imprensa sobre o caso
Polícia Federal concede coletiva de imprensa sobre o caso Foto: Thaís Alencar/RTC

A Polícia Federal concedeu no final da manhã desta sexta-feira (22) uma coletiva de imprensa na Superintendência da PF para dar detalhes sobre a prisão do empresário Roberto Santiago, que aconteceu durante a terceira fase da Operação Xeque-Mate, logo ao amanhecer.

Segundo delegados da Polícia Federal e membros do Ministério Público da Paraíba (MPPB) que estiveram presentes, a ação realizada é apenas um desdobramento da operação que começou no ano passado.

“A gente tem que lembrar que ele já foi objeto de duas denúncias. Então aqui é apenas o desdobramento de uma operação que iniciou no ano passado. Seguindo as investigações feitas pela PF, já se contabilizam hoje quatro denúncias, e essa muito provavelmente será a quinta. Ele faz parte do núcleo financeiro de uma organização criminosa que existia até então na cidade de Cabedelo”, explicou o promotor Rafael Linhares, do MPPB

Dono de uma rede de shoppings na capital paraibana, Santiago é acusado de comprar o mandato do ex-prefeito de Cabedelo Luceninha. Após a renúncia, assumiu o cargo o então vice-prefeito, Leto Viana, que acabou sendo preso em abril de 2018 acusado de chefiar a organização criminosa que desviava verbas públicas no município.

Roberto Santiago foi preso em sua mansão, no bairro do Bessa, em João Pessoa, e agora está à disposição da Justiça na Superintendência de Polícia Federal. Na residência, a polícia também cumpriu um mandado de busca e apreensão de bens e documentos.

Leia também:

Roberto Santiago é preso em 3ª fase da Operação Xeque-Mate

Prisão de empresário Roberto Santiago na PB vira um dos assuntos mais comentados do Twitter