TV Tambaú
Jovem Pan
Nova Brasil Maceió
º
Após dois anos

Caso Júlia dos Anjos: padrasto acusado de estuprar e matar criança vai a júri nesta terça (18)

Francisco Lopes confessou que estuprou a adolescente antes de matá-la

Por Redação T5 Publicado em
Julia dos anjos e1649783202841
Júlia dos Anjos tinha 12 anos na época do crime (Foto: Reprodução/Redes sociais)

O acusado de matar e estuprar a adolescente Júlia dos Anjos vai a júri popular nesta terça-feira (18), de acordo com o Ministério Público da Paraíba. O acusado era padrasto da vítima e confessou que estuprou a adolescente por um período de 4 meses.

Em 2022, Francisco Lopes fez um teste de sanidade mental, que atestou que o acusado não possui nenhuma doença mental ou desenvolvimento incompleto.

Relembre o caso

No dia 7 de abril de 2022, a adolescente Júlia dos Santos, de 12 anos, desapareceu do apartamento onde morava com a mãe e o padrasto. Nos primeiros depoimentos, a mãe disse que a filha havia recebido mensagens de uma mulher, que ela acreditava ter relação com o desaparecimento da filha.

Após cinco dias, Francisco Lopes confessou que matou a adolescente por asfixia e que estuprou ela antes de matar. Após a confissão, ele revelou a localização do corpo da vítima. O corpo foi encontrado no dia 12 de abril de 2022, dentro de um reservatório de água em um estado de decomposição avançada.



Relacionadas