segunda-feira, 21 de setembro de 2020
Busca

Portal T5

Polícia

Justiça liberta soldado suspeito de dirigir embrigado e atropelar motociclista em JP

Corregedoria informou que o conselho de ética irá apurar a conduta do PM

Por Dennison Vasconcelos

10h20 - Atualizado 16/09/2020 às 10h40
Local do acidente, na principal do bairro dos Bancários, em João Pessoa
Local do acidente, na principal do bairro dos Bancários, em João Pessoa Foto: Reprodução/TV Tambaú

O soldado da Polícia Militar da Paraíba suspeito de dirigir embriagado e atropelar um motociclista vai responder o processo em liberdade, de acordo com a Corregedoria da corporação. Liberdade foi concedida pela Justiça nessa terça-feira (15), segundo o tenente coronel Gerônimo.

A Corregedoria Geral da PM ainda informou que o conselho de ética irá apurar a conduta do integrante. O soldado não será afastado das atividades internas e externas da instituição durante a análise do processo.

O caso

O policial foi preso na última sexta-feira (11), suspeito de agressão e direção sob efeito de álcool, em João Pessoa. Testemunhas afirmaram à Polícia Civil que o militar de 36 anos provocou um acidente ao dirigir um carro na contramão.

O motociclista de 25 anos ferido durante a colisão foi socorrido para o Hospital de Emergência e Trauma após ser atingido por um carro na Rua Empresário João Rodrigues Alves, no bairro dos Bancários, por volta de 1h. O paciente foi transferido para o Ortotrauma, em Mangabeira, com estado de saúde considerado estável.

Segundo testemunhas, a vítima foi atingida pelo soldado da PM que dirigia na contramão. O motorista discutiu durante o socorro ao condutor da motocicleta. Com suposta alteração provocada pelo consumo de bebida alcoólica, o militar foi detido para a Central de Flagrantes, onde se recusou a realizar o teste de alcoolemia.

Na delegacia, o policial foi atuado por lesão corporal e direção com ingestão de álcool. Ele estava detido no 1º Batalhão da Polícia Militar.