segunda-feira, 23 de novembro de 2020
Busca

Portal T5

Polícia

Preso homem que praticava assaltos e atacava banhistas em praias da Grande João Pessoa

Ele foi reconhecido por, pelo menos, duas vítimas, inclusive aparece em filmagens de câmera de segurança da casa de um dos moradores assaltados

Por Carlos Rocha

17h45 - Atualizado 20/11/2020 às 17h57
Foto: Reprodução / Internet

A Polícia Civil da Paraíba, por meio do trabalho realizado pelo Núcleo de Homicídios e Repressão Qualificada de Cabedelo, prendeu em flagrante um homem que seria um dos responsáveis por diversos assaltos na orla da cidade de Cabedelo, em especial nas Praias de Formosa e Camboinha. Ele foi reconhecido por, pelo menos, duas vítimas, inclusive aparece em filmagens de câmera de segurança da casa de um dos moradores assaltados.

Segundo o delegado Diego Garcia, o homem preso faz parte de um grupo de criminosos que vinha abordando e assaltando banhistas no momento em que saíam da praia. O alvo dos bandidos era os celulares das vítimas, além de joias e outros pertences.

“Nós conseguimos identificar e, depois de um trabalho cauteloso de investigação, efetuamos a primeira prisão na tarde de ontem, desarticulando o grupo que vinha agindo nas principais praias da orla de Cabedelo”, disse o delegado Diego Garcia.

O preso foi autuado como incurso nas penas do art. 157 do Código Penal Brasileiro, que é subtrair coisa móvel alheia, para si ou para outrem, mediante grave ameaça ou violência a pessoa. Depois dos procedimentos legais, ele foi encaminhado à Central de Polícia, onde aguardará audiência de custódia e decisão judicial sobre sua prisão.

A população pode colaborar com a Polícia Civil fazendo qualquer tipo de denúncia através do número 197 (Disque-denúncia). A ligação é gratuita e a denúncia é anônima, mas caso a pessoa queira se identificar, sua identidade será mantida no mais absoluto sigilo.

Leia também:

Aulas presenciais são suspensas em Cabedelo por determinação da Justiça

Paraíba registra 633 novos casos de Covid-19 e 4 óbitos nesta sexta-feira

Homem é perseguido e morto a tiros na Penha, em João Pessoa