Paraíba, segunda-feira, 14 de outubro de 2019
30° C
Busca

Portal T5

Polícia

Feminicídio: homem confessa que matou esposa por dívida de R$ 7 mil na Paraíba

Segundo as investigações, acusado estava em São Paulo a trabalho e veio à Paraíba apenas para realizar o homicídio.​

Por Dennison Vasconcelos

08h11 - Atualizado 30/08/2019 às 08h21
Foto: Divulgação/Polícia Civil

Foi preso o homem suspeito de assassinar a esposa e agredir a enteada, no município de Condado, no Sertão paraibano, após uma ordem judicial, na noite dessa quinta-feira (29). O crime aconteceu na madrugada da última quarta-feira (28), na residência onde moravam.

Juberlucia Oliveira da Silva, 30 anos, foi morta com golpes de faca peixeira, conforme a Polícia Civil. Veja a reportagem: “Foi morta com mais de dez facadas”, diz delegado sobre feminicídio no Sertão

Após o assassinato o marido fugiu e só se apresentou à polícia após 24 horas, acompanhado de um advogado. Segundo as investigações, o homem estava em São Paulo a trabalho e veio à Paraíba apenas para realizar o homicídio.

Durante o interrogatório, o homem confessou os crimes, alegando que matou a esposa pela quantia de R$ 7 mil, entregue a mulher para compra de um imóvel. Ele também contou que pretendia matar a enteada, de 14 anos, porque ela tentou impedir o crime.

A polícia ainda informou que o assassinato foi presenciado pelo filho da vítima, uma criança de cinco anos de idade.

O acusado foi encaminhado à Central de Polícia de Patos, onde aguarda audiência de custódia, nesta sexta-feira (30).

Veja também:

Suspeitos de matar estudante de 16 anos na PB são presos com celular da vítima no Recife