sexta-feira, 13 de dezembro de 2019
Busca

Portal T5

Polícia

Polícia faz buscas por mãe de bebê encontrado em lixão na Paraíba

Ele foi localizado em uma caixa de papelão por catadores nesta quinta-feira (3).

Por Redação Portal T5

12h44

A Polícia Civil da Paraíba está tentando identificar a mãe do bebê, cujo corpo foi encontrado em um lixão da cidade de Monteiro, no Cariri da Paraíba. Ele foi localizado em uma caixa de papelão por catadores nesta quinta-feira (3).

+ Banco de Brasília lança concurso com 100 vagas e salários de mais de R$ 3.200

+ Um em cada quatro brasileiros abriria mão de 10% do salário em troca de estabilidade

Cristiano Santana, delegado seccional de Monteiro, informou ao Portal T5 que o corpo do bebê foi recolhido e levado para o Núcleo de Medicina Legal de Campina Grande, onde passará por perícia. Ele revelou que, normalmente, os laudos saem em 10 dias, mas que o prazo para esse caso terá prioridade.

“O laudo está sendo finalizado e nós precisamos saber a resposta para alguns questionamentos que são essenciais, inclusive para identificar se há uma questão criminal ou não. A primeira coisa é saber se a criança nasceu com vida, isso é crucial, para a partir daí a gente identificar se há imputabilidade da mãe ou por homicídio ou por infanticídio”, analisou.

+ Jovem de 17 anos é internado com suspeita de malária em João Pessoa

+ Assaltantes invadem loja de baterias e roubam mais de R$ 20 mil em produtos, em Bayeux

Ainda não há informações sobre a mãe da criança, mas o delegado lembrou que as denúncias podem ser feitas pelo número 197 da Polícia Civil. Cristiano Santana também revelou que os policiais estão diligenciando desde ontem em postos de saúde da cidade para tentar averiguar se há o cadastro de gestantes da região para fazer esse levantamento e essa triagem das informações.

“Há algumas informações que ainda não podemos externar, mas pedimos que quem saiba algo sobre o caso possa nos informar através do Disque Denúncia, 197, da Polícia Civil. Toda informação que chegar, é de grande utilidade e será apurada”, explicou.