Paraíba, quarta-feira, 21 de agosto de 2019
30° C
Busca

Portal T5

Polícia

Velório de professor encontrado morto em canavial acontece neste sábado (6), em João Pessoa

Família de José Dionísio aguardava apenas a chegada de parentes que moram fora para a cerimônia

Por Redação Portal T5

09h41 - Atualizado 06/04/2019 às 20h24
O professor de Língua Portuguesa José Dionísio tinha 62 anos
O professor de Língua Portuguesa José Dionísio tinha 62 anos Imagem: Reprodução/TV Tambaú

O corpo do professor de Língua Portuguesa José Alves Dionísio, de 62 anos, encontrado morto na manhã da última sexta-feira (5), será velado por volta das 12h deste sábado (6), na Rosa de Saron, que fica na região central de João Pessoa. A família aguardava apenas a chegada de parentes que moram fora da Paraíba para prestar as últimas homenagens a ele.

Além de docente, José Dionísio também era assessor pedagógico da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP). Seu corpo foi encontrado em um canavial às margens da BR-101, no município de Santa Rita, com marcas de golpes de faca no pescoço, além de escoriações.

Segundo a Polícia Civil, os primeiros indícios da investigação apontam que a vítima foi assassinada no próprio local onde foi achado morto.

“Os vestígios encontrados no local do crime indicam que foram golpes de arma branca, isso já dá à polícia uma linha de investigação. Nesse primeiro momento, achamos que ele foi assassinado aqui. Levou dois golpes de arma branca na lateral do pescoço e depois vários golpes paralelos ao peito”, explicou o delegado Aldrovilli Grisi.

O sepultamento de José Dionísio está marcado para às 10h, no Cemitério Santa Catarina, no bairro dos Estados, também na capital.

Leia também:

Banhistas devem evitar 15 praias do Litoral da Paraíba neste fim de semana

Motorista com indícios de embriaguez é detido depois de atropelar ciclista, em João Pessoa