Paraíba, domingo, 24 de março de 2019
30° C
Busca

Portal T5

Polícia

Após audiência de custódia, zelador acusado de cometer estupro é mandado para o PB1

Advogado afirmou que a partir da próxima segunda-feira (18), vai dar entrada os requerimentos almejando a revogação da prisão preventiva.

Por Redação Portal T5

15h33

Após passar por audiência de custódia, na tarde deste sábado (16), o ex-zelador acusado de participação no caso dos estupros a menores dentro do banheiro do colégio Geo Praia, foi encaminhado para o presídio Romeu Gonçalves de Abrantes, PB1. Ele ficará em cela isolada, para responder o processo em regime fechado.

Segundo o advogado Tiago Beltrão, a defesa sabia que não teria êxito no pedido de soltura do acusado, já que, neste caso, a audiência de custódia serviu apenas para homologar a decisão da Juíza da 5ª Vara Criminal de João Pessoa, que foi a da prisão preventiva, fato esse que não cabe recurso.

O advogado afirmou que a partir da próxima segunda-feira (18), vai dar entrada os requerimentos almejando a revogação da prisão do ex-zelador para o juiz da 5ª Vara Criminal, e a um pedido de Habeas Corpus na competência do Tribunal de Justiça.

A defesa trabalhará com a tese de que o réu é primário, sem antecedentes, possui e residência fixa e profissão definida, e que não possui mais nenhum contato com as supostas vítimas, não prejudicando assim a ordem pública, a instrução do processo, tampouco a aplicação da Lei Penal.