Paraíba, sábado, 19 de outubro de 2019
30° C
Busca

Portal T5

Polícia

Justiça Federal manda soltar presidente da Fiep-PB preso na Operação Fantoche

A determinação aconteceu após a conclusão de buscas e apreensões realizadas em endereços com respectivas ligações aos investigados.

Por Redação Portal T5

19h51 - Atualizado 19/02/2019 às 20h22
Sede da FIEP em Campina Grande
Sede da FIEP em Campina Grande Foto: Reprodução / Internet

A Justiça Federal de Pernambuco mandou soltar os presos em decorrência da Operação Fantoche, deflagrada nesta terça-feira (19). A ação atende um pedido da Polícia Federal (PF).

A operação foi desencadeada diante uma investigação a supostas fraudes no sistema S e no Ministério do Turismo. Entre os nomes de pessoas que devem ser liberadas estão o de Robson Andrade, presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI) e o Francisco de Assis Benevides Gadelha, presidente da Federação das Indústrias do Estado da Paraíba (Fiep-PB).

O pedido de soltura aconteceu após a conclusão de buscas e apreensões realizadas em endereços com respectivas ligações aos investigados. Além de Robson e Francisco, foram soltos o presidente da Fiepe, Ricardo Essinger, o presidente do Sesi de Alagoas, José Carlos Lira Andrade, o presidente da Fiep e o empresário Hebron Costa Cruz de Oliveira.

Alvo

Investigações da PF apontam que um grupo de empresas executavam fraudes em contratos firmados por meio de convênios com o Ministério do Turismo e instituições paraestatais do intitulado “Sistema S”.

Leia mais: TCE-PB faz levantamento para identificar obras paralisadas na Paraíba

Buscas na sede da FIEP em Campina Grande duram mais de sete horas

Siga nosso Instagram Facebook e fique bem informado!

Para sugerir pautas, entre em contato com a redação pelo número (83) 9.8684-1874 e 3015-3741.