quinta-feira, 12 de dezembro de 2019
Busca

Portal T5

Polícia

Suspeito de furtar mil calcinhas é preso em MG; ele usava uma das peças durante abordagem

Havia roupas íntimas novas e usadas, de várias cores e modelos

Por Carlos Rocha

13h37 - Atualizado 14/11/2019 às 09h34
Foto: Polícia Militar / Divulgação

Um homem foi preso na cidade de Turmalina, interior de Minas Gerais, suspeito de furtar calcinhas e sutiãs. Segundo a polícia local, foram encontradas mais de mil calcinhas, além de sutiãs, na residência do homem de 41 anos. Durante a abordagem, policiais perceberam que ele estava usando uma das calcinhas.

+ Quatro pessoas pulam de ônibus durante tentativa de assalto e ficam feridas, em JP

+ Confira o que abre e o que fecha no feriado desta sexta-feira (15) em João Pessoa

Segundo a polícia, as 1.045 peças íntimas estavam escondidas no quarto do homem e eram furtadas de varais, cercas e até de lojas. Com base no número de peças apreendidas, é possível dizer que muitas das 8.880 mulheres que fazem parte da população do município já foram vítimas dele.

+ Cidade de Veneza é inundada por maré alta, e prefeito pede estado de catástrofe

+ Embaixada da Venezuela em Brasília é invadida

A Polícia Militar informou ainda que essa é a segunda vez que ele é pelo mesmo crime. Em 2015, 301 peças íntimas foram furtadas em Capelinha, cidade vizinha a Turmalina.

“A Polícia Militar foi até a residência dele, no Bairro São João Batista, para darmos cumprimento a um mandado de prisão por furto. Durante as buscas, encontramos as peças íntimas”, relatou o tenente André Dale. Havia roupas íntimas novas e usadas, de várias cores e modelos.

+ Alexandre Garcia se casa um dia após completar 79 anos

+ John Legend diz ter ficado assustado ao receber título de homem mais sexy

O tenente explicou que a polícia já recebeu diversas reclamações de mulheres relatando furtos de suas peças íntimas. Porém, muitas vítimas não registram boletim de ocorrência por medo, receio ou vergonha. Ao ser questionado pela PM, o homem não deu detalhes sobre os furtos, apenas disse que cometia os crimes em vários locais. Ele foi levado para a delegacia da cidade.

+ Vavá, ex-Karametade, comenta suposto namoro com Gugu Liberato

+ Susep deixa de regular atividade de corretor de seguros

Siga nosso Instagram Facebook e fique bem informado! 

Adicione nosso WhatsApp: (83) 9 9142-9330.