Paraíba, quinta-feira, 17 de outubro de 2019
30° C
Busca

Portal T5

Polícia

"Reconhecemos pela tatuagem", diz tia de pernambucano esquartejado na PB

A familiar disse que o rapaz tinha o nome da mãe tatuado no braço

Por Carlos Rocha

18h20
Foto: Verinho Paparazzo/ RTC

Uma tatuagem com o nome da mãe, "Ana Lúcia", esse foi o elemento que restou para a identificação do corpo do pernambucano Cleiton Pereira dos Santos, de 27 anos. O jovem foi encontrado esquartejado na manhã desta sexta-feira (11), na cidade de Bayeux, na Grande João Pessoa. O caso foi registrado no bairro Brasília, às margens da linha férrea do município. Partes da vítima estavam dentro de sacolas em meio a uma área de mato.

De acordo com a tia da vítima, o rapaz foi reconhecido através da tatuagem que tinha no braço. Ela disse ainda que o nome do pai, Elias, também estava tatuado no outro braço da vítima. A familiar informou ainda que ele era natural do município de Ilha de Itamaracá, em Pernambuco, e estaria morando em João Pessoa há apenas alguns meses.

Segundo a tia, o homem era usuário de drogas, trabalhava como pedreiro mas no momento fazia coleta de material reciclável para se manter. A dona da casa onde o rapaz morava foi quem avisou à família sobre a ocorrência.

A tia revelou que houve problema no processo de liberação do corpo, já que o documento do jovem estava com a foto ilegível. O Instituto de Polícia Científica de João Pessoa (IPC-JP) entrou em contato com um órgão de Pernambuco para confirmar as informações sobre a identidade da vítima.