quinta-feira, 14 de novembro de 2019
Busca

Portal T5

Polícia

Motorista suspeito de atropelar cinco pessoas na PB é considerado foragido

​De acordo com a Polícia Civil, os suspeitos prestariam depoimento nessa terça-feira (1º), na delegacia de Campina Grande, no Agreste do estado, mas não compareceram.

Por Redação Portal T5

08h08 - Atualizado 02/10/2019 às 10h25
Foto: Reprodução/TV Tambaú

São considerados foragidos o condutor do veículo e um passageiro suspeitos de causarem um acidente onde cinco pessoas foram atropeladas, deixando três mortas, na cidade de Areia, no Brejo paraibano. Os homens não prestaram socorro e fugiram do local após a colisão, que aconteceu no dia 22 de setembro.

De acordo com a Polícia Civil, os suspeitos prestariam depoimento nessa terça-feira (1º), na delegacia de Campina Grande, no Agreste do estado, mas não compareceram.

O acidente - Duas crianças, de 10 e 6 anos, e uma mulher morreram após o motorista perder o controle do veículo. De acordo com a Polícia Civil, o acidente aconteceu na Rua Simão Patrício, no Centro do município. Ao todo, cinco pessoas foram atingidas, com o impacto, Ray João de Lima Santos, 10 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu no local do acidente. Laudecir Cruz do Nascimento, 34 anos, ainda foi socorrida para o hospital da cidade, mas morreu pouco após receber os primeiros atendimentos. No dia 26 de setembro, o Hospital de Trauma de Campina Grande confirmou a morte cerebral da menina de 6 anos que estava internada desde o dia do ocorrido. Um homem continua internado, com estado de saúde considerado estável, e uma outra criança recebeu alta no dia seguinte ao acidente.

O carro - O veículo foi encaminhado para perícia na última sexta-feira (27), na Central de Polícia de Campina Grande, no Agreste paraibano. De acordo com o delegado Gilson Jesus o resultado deve ser emitido em 30 dias.

Manifestantes realizaram um protesto no último domingo (29) contra a morte das vítimas após o atropelamento do dia 22 de setembro. Com cartazes e orações, o protesto foi contra a demora nas investigações e suspeito que continua foragido.

Veja mais:

Polícia apreende suspeito de estuprar criança de 6 anos, diz delegado