Paraíba, quarta-feira, 19 de setembro de 2018
26° C
Busca

Paraíba

Polícia

Jovens de 15 e 18 anos são executados em bairro residencial, no interior da PB

O duplo homicídio aconteceu no início da noite desta sexta-feira (13), em Cajazeiras

Por Carlos Rocha

22h15
Reprodução/ Whatsapp

Um duplo homicídio foi registrado, na noites desta sexta-feira (13), na cidade de Cajazeiras, sertão da Paraíba. Um jovem de 18 anos e um adolescente de 15 foram mortos a tiros, no bairro São Francisco, na Zona Sul.

As vítimas foram identificadas como Rian de Sousa Silva, de 18 anos, e Wellington Gilberto Mangueira, de 15. O crime aconteceu na rua Vitória Bezerra, próximo a um lugar conhecido como Pedra do Galo.

Apesar do local ser um bairro residencial, nenhum morador diz ter ouvido qualquer barulho de tiro ou algum suspeito.

O Comandante do 6º BPM, tenente-coronel Guedes, lamentou o fato de imperar a lei do silêncio no local.

"Olha, é lamentável! Por que a polícia militar sozinha tem a sua atuação limitada se não há o auxílio das pessoas. A lei do silêncio impera, a gente sabe que esses homicídios certamente tem ligação com o tráfico de drogas. Os dois tem várias passagens pela polícia, apesar de serem bastante jovens, um de 18 anos, um de 15 anos, inclusive um deles saiu do Centro de Educação do Adolescente há poucos dias", relatou.

O pai de uma das vítimas, Francisco de Assis, cumpre pena em regime semiaberto e estava a caminho do presídio quando ficou sabendo da morte do filho. Ele confirmou que o jovem tinha desafetos, mas não soube precisar quem seriam.

"O que eu espero é a justiça de Deus. Jamais passou pela minha mente que meu filho poderia ser assassinado. Ele já chegou a dizer que tinha problemas com alguns caras, mas não disse com quem. Espero que ele vá para um bom lugar, que Deus bote ele num bom lugar. Deus abençoe o espírito dele aonde estiver só que eu peço", relatou Francisco.