Paraíba, domingo, 18 de novembro de 2018
31° C
Busca

Paraíba

Polícia

Após sequestro, advogado e família ficam na mira de bandidos dentro de casa na PB

O homem, de 54 anos, foi abordado por três elementos, que fizeram ele e a família de refém

Por Carlos Rocha

00h03
Imagem/ Reprodução

Um advogado trabalhista passou por momentos de tensão no início da noite desta terça-feira (10), na capital paraibana. O homem, de 54 anos, foi abordado por três elementos, que fizeram ele e a família de refém. Além disso os suspeitos roubaram a caminhonete, joias, câmeras de segurança e cerca de R$ 30 mil em dinheiro da vítima.

De acordo com informações do Delegado Luíz Carlos, vítima estava saindo do seu escritório, na Praça Dom Ulrico, Centro de João Pessoa, quando foi surpreendido pelos três suspeitos. Eles o obrigaram a entrar no carro e dirigir até a a casa, que fica no bairro de Mangabeira, Zona Sul de João Pessoa. Dois dos homens estavam armados e durante o trajeto perguntavam por um cofre.

Sob a mira das armas, o advogado foi obrigado a entrar em casa. A família do jurista foi trancada em um quarto. Enquanto isso os suspeitos revistavam a casa. Eles levaram cerca de R$ 30 mil em espécie, além de joias, celulares, notebook, televisor e o carro.

Antes de liberar a família, os bandidos tiraram fotos da vítima e levaram o equipamento de segurança da residência.

O delegado afirmou que a polícia está interligada para tentar localizar os suspeitos de praticar o crime.

"Nós fizemos a comunicação à Delegacia de furto de veículos e faremos a informaremos à Delegacia de Roubos e Furtos passando a ocorrência para o Dr Wagner Dorta e continuar os esforços para localizarmos esses elementos", disse.

O Delegado Luíz Carlos revelou que o carro ainda não havia sido recuperado, mas comemorou o fato de estarem todos vivos e bem. Ele ainda falou sobre a situação emocional da vítima.

"A vítima estava abalada, não é para menos você chegar em sua casa com três elementos armados, vendo sua família dentro de um quarto, não é uma situação confortável".