Paraíba, domingo, 17 de junho de 2018
19° C
Busca

Portal T5

Polícia

Suspeito de ter matado pintor a facadas se apresenta à polícia e confessa crime

“Estou arrependido”, limitou-se a dizer o rapaz à imprensa.

Por Redação Portal T5

06h02 - Atualizado 14/06/2018 às 14h37
Residência onde aconteceu o crime, no bairro do Ernani Sátiro
Residência onde aconteceu o crime, no bairro do Ernani Sátiro Imagem: Markson Rodrigues/RTC

O homem suspeito de matar o pintor Edmilson da Silva, de 53 anos, com mais de 30 facadas e ferir o filho dele, Udenilson dos Santos Silva, com outros 10 golpes de faca, se apresentou espontaneamente à polícia no início da noite desta quarta-feira (13). O crime aconteceu no dia anterior no bairro Ernani Sátiro, em João Pessoa.

Alex da Silva Andrade, 22 anos, compareceu à Central de Flagrantes e prestou depoimento ao delegado Giovanni Jacomelli. Depois de ouvido, ele foi liberado. Caio Cabral, advogado do suspeito, informou que o rapaz confessou ter um relacionamento com a esposa de uma das vítimas.

"Ele confessa o crime e o motivo foi paixão. Em depoimento ele confessou. Agora está à disposição da justiça", explicou.

“Essa mulher acabou com a minha vida. Estou arrependido”, limitou-se a dizer o rapaz à imprensa.

+ Homem fica preso às ferragens após colisão entre carro e ônibus

+ Suspeito se apresenta à polícia e confessa ter matado pintor

+ Prefeitura de Patos abre Processo Seletivo com 189 vagas e salários de até R$ 2.40