Paraíba, terça-feira, 13 de novembro de 2018
21° C
Busca

Portal T5

Polícia

Assaltante morto em Alagoas havia explodido banco em shopping de Campina Grande, afirma delegado

Operação deixou 11 suspeitos de explosões a bancos mortos, na última quinta-feira (8).

Por Redação Portal T5

10h30 - Atualizado 09/11/2018 às 10h37
Imagem/ Ítalo Timóteo/Arquivo Pessoal

Entre os 11 mortos na operação policial da Divisão Especial de Investigação de Alagoa, nessa quinta-feira (8), havia dois homens suspeitos de chefiarem quadrilhas de explosões a bancos no Nordeste.

De acordo com o delegado Fábio Costa, o grupo já tinha agido na Paraíba. "Com certeza tiramos grandes chefes perigosos de circulação. Eles praticavam assaltos a bancos em vários municípios do Nordeste, eles até cometeram um assalto a um shopping em Campina Grande", disse em entrevista à TV Gazeta.

A operação batizada de Cavalo de Tróia contou com apoio do Grupamento Aéreo e foi coordenada pelos delegados Fábio Costa, Cayo Rodrigues e Thiago Prado.

+ Cerca de 20 homens invadem shopping e explodem caixas eletrônicos na PB

Explosão - O assalto o ocorreu no dia 17 de janeiro deste ano dentro de um shopping do município de Campina Grande, no Agreste paraibano. O centro comercial da Avenida Brasília, no bairro do Catolé, é o maior da cidade.

De acordo com a polícia, a ação foi registrada às 04h, a quadrilha utilizou três veículos de pessoas que passavam pelo local para bloquear a via. Outro carro foi usado para arrombar a porta do shopping, na marcha ré. O alvo foi a agência da Caixa Econômica Federal e uma joalheria.

No dia 9 de fevereiro, as Polícias Federal, Civil e Militar realizaram um operação que prendeu cinco pessoas envolvidas no assalto. Os suspeitos foram encaminhados para a Central de Polícia, no bairro do Catolé. Eles prestaram esclarecimentos na Delegacia de Roubos e Furtos.

Os agentes também apreenderam um carro, uma motocicleta e aparelhos celulares com os suspeitos.