TV Tambaú
Jovem Pan
Nova Brasil Maceió
º
em Remígio

Filha que confessou ter matado mãe a facadas vai para presídio na PB

Caso aconteceu na última quinta-feira (29), em Remígio. Vítima sofreu golpes de faca e não resistiu

Por Juliana Alves Publicado em
À esquerda, Erica, suspeita de matar a mãe (à direita), Edinalva
À esquerda, Erica, suspeita de matar a mãe (à direita), Edinalva (Foto: Reprodução/Redes sociais)

Erica Moreno Gonçalves, de 20 anos, suspeita de matar a mãe, Ednalva Moreno, de 46 anos, a golpes de faca foi transferida para a penitenciária feminina de Campina Grande. De acordo com a Polícia Civil, ela confessou o crime e teve prisão preventiva expedida pela justiça.

Ednalva Moreno morreu na tarde da última quinta-feira (29), após ser internada em estado grave no Hospital de Trauma de Campina Grande. Ela foi socorrida para a unidade com perfurações de golpes de faca.

A principal suspeita do crime, a filha, também foi socorrida para o hospital, mas com ferimentos leves. Ele deu entrada com um golpe de arma branca na coxa, recebeu cuidados médicos e posteriormente foi liberada.

Após deixar a unidade, Erica Moreno foi levada pela polícia para prestar depoimento e teve um mandado de prisão preventiva expedido pela justiça.

O caso

Na última quinta-feira (29), em Remígio, guarnições da polícia militar teriam sido acionadas para atender uma ocorrência de mãe e filha feridas por uma arma branca. Feridas, as duas foram socorridas e encaminhadas para o Hospital de Trauma em Campina Grande.

Erica Moreno, principal suspeita, teria alegado que um homem invadiu a casa e golpeou as duas. A perícia foi acionada e descartou a versão da filha, que posteriormente confessou o crime.

Os ferimentos em Erica teriam sido provocados após uma luta corporal entre ela e a mãe, que tentou resistir aos ataques a golpes de faca.

A motivação do crime está sendo investigada pela Delegacia de Homicídios da Polícia Civil de Esperança.

Veja mais:



Relacionadas