TV Tambaú
Jovem Pan
Nova Brasil Maceió
º
Saiba o que diz a lei

Cães e gatos são permitidos nas praias de João Pessoa?

Conforme lei de 1998, os animais encontrados nessa condição podem ser apreendidos.

Por Dennison Vasconcelos Publicado em
Manter o cão na guia é um cuidado essencial durante passeio.
Manter o cão na guia é um cuidado essencial durante passeio. (Foto:Luana Menezes/RTC)

O verão atrai as pessoas à praia, pelo aumento da temperatura, dias ensolarados e período de férias. Como o pet faz parte da família de muitos, é comum querer levá-lo ao passeio. Mas pode ou não pode cachorro na praia? E quais os cuidados os tutores devem ter?

Levar animais de estimação, como cães e gatos, é proibido nas praias de João Pessoa, conforme lei sancionada pelo prefeito Cícero Lucena (PP), em 1998. Segundo a medida, os animais encontrados nessa condição podem ser apreendidos.

Para o professor Francisco Garcia, da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), a lei perdeu eficácia ao longo dos anos. "Animais, especialmente cães, são compreendidos como membros de uma família. É a chamada família multiespécie, inclusive titulada assim pelo Superior Tribunal de Justiça. Então, dentro desse contexto de alargamento, inclusive do conceito de família para envolver outras espécies, além da humana nessa mesma família, então essa lei não tem aplicabilidade, não tem eficácia", disse ao Portal T5.

No Brasil, cada estado e município tem a liberdade de regulamentar a respeito da presença de cães em praias. Nos casos de permissão, entidades públicas devem ter cuidados, pois os pets podem ser transmissores de zoonoses, além disso, é importante vigiar a limpeza das areias.

Na Paraíba, outras cidades não fazem a proibição, mas é preciso que tutores respeitem o espaço e as regras sociais. Além disso, como esse não é um ambiente costumeiro para os pets, são comuns alguns desconfortos seja no pré, durante e após o passeio no litoral. Algumas medidas podem diminuir os impactos do ambiente no seu bichinho. Conheça:

Proteção

Como a praia é um local onde as pessoas vão para relaxar, é preciso tomar alguns cuidados para que os animais não ultrapassem a liberdade dos presentes no ambiente. Por isso, o primeiro cuidado que se deve ter é o uso de guias. Quem tem medo de cachorro não é obrigado a conviver com eles na praia, não é?

Ir à praia pode fazer mal para o cão? 

Vários fatores presentes na praia podem trazer problemas de saúde para o seu pet. A exposição ao sol forte e calor extremo tem a capacidade de lesionar a pele do cãozinho e também as patas.

Outro ponto extremamente vulnerável nos pets são os seus ouvidos. A combinação entre areia, umidade e água salgada tornam os ouvidos do cão suscetíveis à otites. Cães que têm orelhas pendulares podem sofrer com a umidade, que fica presa e abafada dentro das orelhas.

Então…quais cuidados tomar?

Apesar dos problemas, ainda é possível levar o seu cachorro para um passeio no litoral. De acordo com a adestradora de cães, Jessiana Pessoa, um passo importante é priorizar o bem estar do bichinho. Em lugares com muitas pessoas, só levar os pets que sejam sociáveis, evitando estresse para o próprio pet e para as pessoas em volta - cães reativos em ambientes que causam estresse tendem a piorar seu comportamento. Então é desnecessário causar desconforto ao cão nessas situações, melhor deixá-los em casa.

Evitar expô-lo ao sol nos horários próximos ao meio-dia. No horário entre 10 e 16 horas, assim como os humanos, os cachorros também podem ter problemas na pele como queimaduras e câncer. O recomendado é ir bem cedinho ou no fim da tarde. Existem no mercado, opções de protetores solar para cachorros, que devem ser aplicados no animal antes de sair de casa.

Hidratação. O tutor deve levar um pote para oferecer água à vontade para o seu cachorro. É fundamental mantê-lo hidratado. Água de coco, picolés naturais de frutas permitidas para o pet também estão liberadas.

Outros cuidados são: manter o cãozinho com uma coleira e plaquinha de identificação, atentar para que o cão não pegue restos de comida durante o passeio. Para entreter o cão, vale levar o brinquedo favorito dele. Por último e não menos importante, levar saquinhos para recolher as fezes do cãozinho.

Veja também: 



Relacionadas