TV Tambaú
Jovem Pan
Nova Brasil Maceió
º
tragédia

Jovem morre durante treino de jiu-jitsu em João Pessoa

Caso aconteceu no bairro dos Funcionários I, em João Pessoa.

Por Cristiano Sacramento Publicado em
Jovem chegou a ser socorrido, mas não resistiu ao trauma
Jovem chegou a ser socorrido, mas não resistiu ao trauma (Foto: Reprodução / Arquivo Pessoal)

Um jovem morreu na noite desta quinta-feira (26), durante um treino de artes marciais em João Pessoa. Segundo testemunhas, Gil Anderson Paiva treinava artes marciais com um aluno no Centro de Referência da Juventude Ilma Suzete Gama (CRJ), na praça Lauro Wanderley, nos Funcionários I, quando caiu no chão. A Secretaria de Juventude, Esporte e Recreação informou que os jovens praticavam jiu-jitsu antes da aula de muay thai, que é oferecida no espaço.

De acordo com o delegado Paulo Josafá, da Delegacia de Homicídios, o jovem teria ido ao solo e com o impacto "broncoaspirou", que é quando a via respiratória é obstruída com algum material, como saliva ou alimentos. “Ele foi socorrido ao passar mal. Pessoas próximas e amigos o colocaram em um carro particular  e imediatamente o levaram para a UPA. Conversando com a médica, a equipe tentou entubar, mas devido ao inchaço na região do pescoço ficou difícil”. A vítima era cabo do 15º Batalhão do 15° Batalhão de Infantaria Motorizado do Exército.

“Vale lembrar que até o momento não houve dolo pelo companheiro dele”. A princípio, a polícia segue investigando o caso e ouvindo os envolvidos. O instituto é constatar se houve intenção ou se a morte decorreu de um acidente.

O corpo foi encaminhado ao Instituto de Polícia Científica (IPC) e deve ser liberado ainda pela manhã, quando familiares, parentes e amigos devem realizar as últimas homenagens.

Nota de pesar

O Portal T5 procurou o secretário Kaio Márcio, da Secretaria de Juventude, Esporte e Recreação de João Pessoa (SEJER). Ele declarou em nota pesar que se solidariza aos parentes e amigos da vítima. E finalizou dizendo que "a fatalidade ocorreu antes do início da aula e que todo o socorro foi prestado ao aluno". 

Leia mais:



Relacionadas