terça-feira, 07 de julho de 2020
Busca

Paraíba

Paraíba

Famílias da Terra Prometida serão contempladas com residências em João Pessoa

A comunidade ficou alagada durante as fortes chuvas em maio e agora recebe casas de conjunto habitacional do Governo Federal

Por Redação Portal T5

06h45 - Atualizado 03/06/2020 às 07h55
Famílias perderam o pouco que tinham durante as chuvas de maio, em João Pessoa
Famílias perderam o pouco que tinham durante as chuvas de maio, em João Pessoa Foto: Reprodução

Famílias do assentamento Terra Prometida, em João Pessoa, serão beneficiadas com apartamentos no Condomínio Vista Alegre, no bairro Colinas do Sul. Uma reunião entre a Defensoria Pública do Estado da Paraíba (DPE-PB) e o Ministério Público Federal (MPF) com a Prefeitura da capital determinou o destino das pessoas que vivem atualmente em estado de vulnerabilidade.

A comunidade ficou alagada durante as fortes chuvas, entre os dias 18 a 24 de maio, e cerca de 80 famílias foram abrigadas na quadra esportiva de uma escola pública do bairro.

Na reunião, os gestores se comprometeram a concluir em 15 dias, contados a partir do dia 1º de junho, o cadastramento das famílias da comunidade para que sejam contempladas com unidades habitacionais. Até o recebimento das chaves dos novos lares, a gestão municipal afirmou que um auxílio-moradia será pago às famílias.

Foto:Divulgação/GovernoFederal

Na última semana, o Governo Federal, responsável pela construção do conjunto habitacional, informou a continuidade das obras do empreendimento para onde as famílias serão encaminhadas. De acordo com o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), mais de 3,5 mil pessoas serão beneficiadas, entre moradores e a geração de novos empregos para construção do empreendimento.

A Comunidade Terra Prometida e o Movimento dos Trabalhadores e Trabalhadoras por Direitos na Paraíba (MTD-PB) se comprometeram a manter os barracos intactos, sem invasão por outros grupos, até a sua demolição, quando da entrega das unidades habitacionais, ficando o lugar como um instrumento simbólico de luta. A comunidade se comprometeu ainda a realizar a desocupação do ginásio até o próximo dia 30 de junho.