sexta-feira, 29 de maio de 2020
Busca

Paraíba

Paraíba

Ricardo Coutinho e mais sete citados na 'Calvário' são alvos de nova denúncia do MPPB

Segundo o MPPB há suspeita de que o ex-governador seja dono oculto de uma empresa que se tornou dona de 49% do Laboratório Industrial Farmacêutico do Estado da Paraíba (Lifesa)

Por Carlos Rocha

16h11 - Atualizado 22/05/2020 às 16h15
Foto: Reprodução/Internet

Uma nova denúncia contra Ricardo Coutinho e mais sete pessoas, elaborada pelo Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público da Paraíba (MPPB), foi protocolada no Tribunal de Justiça do estado (TJPB), nesta sexta-feira (22). Todos os denunciados já são investigados na Operação Calvário.

MP em Campina Grande alerta sobre possibilidade de colapso nas redes privada e pública de saúde

O texto da denúncia, baseado na delação premiada feita pelo ex-comandante da Cruz Vermelha do Brasil, Daniel Gomes, diz que há suspeita de que o ex-governador seja dono oculto de uma empresa que se tornou dona de 49% do Laboratório Industrial Farmacêutico do Estado da Paraíba (Lifesa).

Para barrar Covid-19, Consórcio Nordeste recomenda 'lockdown' em João Pessoa e Campina Grande

O irmão do ex-governador, Coriolano Coutinho e Amanda Rodrigues também são citados no texto da denúncia. Também são alvos o ex-procurador-geral da Paraíba Gilberto Carneiro, o ex-secretário de saúde Waldson de Souza e os empresários Daniel Gomes, Maurício Rocha Neves e Aluísio Freitas de Almeida Júnior.

Ainda na tarde desta sexta-feira (22), a defesa de Ricardo Coutinho informou que já recebeu a denúncia, mas que só vai se pronunciar após analisar o documento.

Leia também: Videogame é utilizado em terapia de crianças no Hospital de Trauma de João Pessoa

Siga o Instagram Facebook do Portal T5 e fique bem informado! 

Adicione o WhatsApp do Portal T5: (83) 9 9142-9330.