quinta-feira, 28 de maio de 2020
Busca

Paraíba

Paraíba

Sistema prisional da PB tem mais de 100 infectados pela Covid-19

Número de detentos e policiais com a doença chega a 102

Por Dennison Vasconcelos

10h47 - Atualizado 22/05/2020 às 11h03
Detentos fazem testes da Covid-19 na PB
Detentos fazem testes da Covid-19 na PB Foto: Divulgação/Seap-PB

A Penitenciária Romero Nóbrega, em Patos, no Sertão paraibano, já registrou 19 detentos infectados pelo novo coronavírus desde o início da pandemia no estado. Apenados de Alhandra e Mamanguape também testaram positivo para doença, assim como 80 policiais penais, segundo o último boletim médico enviado ao secretário executivo da Secretaria de Administração Penitenciária da Paraíba (Seap), João Paulo Ferreira Barros.

Em Patos, os casos começaram a ser identificados em abril, quando inicialmente dois homens apresentaram sinais da doença. Eles receberam tratamento em João Pessoa e tiveram alta no início de maio. Nesta semana, mais 24 testes rápidos da Covid-19 foram realizados em reeducandos do presídio, dos quais apenas um testou positivo. Atualmente, 17 homens estão recebendo tratamento médico, com quadro de saúde regular, segundo a Seap.

Ala onde detentos recebem tratamento para Covid-19, em João Pessoa
Ala onde detentos recebem tratamento para Covid-19, em João Pessoa Foto: Divulgação/Seap-PB

Desde o início dos diagnósticos, os doentes foram encaminhados pela Seap para Penitenciária de Segurança Média Hitler Cantalice, em João Pessoa, onde recebem tratamento médico em uma ala da unidade prisional.

Entre os 80 policiais penais afastados pela Covid-19, 21 já retornaram às atividades após apresentarem recuperação. Um óbito foi registrado na Cadeia Pública de Mamanguape, no Litoral Norte.

Pela assessoria, a Seap informou que "criou um Plano de Contingência à Covid-19, com produção de máscaras regulamentadas pela Anvisa, fabricação de materiais de limpeza e intensificação de higienização em todas 79 unidades prisionais do Estado".