quinta-feira, 27 de fevereiro de 2020
Busca

Paraíba

Paraíba

STJ nega pedido de liberdade do empresário Vladimir Neiva, pai da atriz Mayana Neiva

Vladimir Neiva foi citado em delações premiadas no decurso da Operação Calvário e está preso desde dezembro de 2019

Por Yasmin Alencar

12h50
Foto: Reprodução/Internet

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou o pedido de liberdade solicitado pela defesa do empresário Vladimir dos Santos Neiva, pai da atriz Mayana Neiva. Vladimir foi preso no dia 17 de fevereiro, na 7ª fase da Operação Calvário, e é um dos acusados de participar de desvio de verbas públicas da saúde educação na Paraíba.

A decisão foi da ministra Laurita Vaz, ela relatou que “a documentação trazida aos autos é incompleta” e escreveu “no caso, a Defesa impugna a prisão processual determinada na Medida Cautelar n.º 0000835-33.2019.815.0000. Todavia, ao compulsar atentamente os documentos de fls. 48-253, constatei que o decreto prisional não foi juntado em sua íntegra – o que impede o exame do constrangimento alegado”.

Vladimir Neiva foi citado em delações premiadas no decurso da Operação Calvário. Segundo o ex-chefe do governo de Ricardo Coutinho, Ivan Burity, Neiva foi procurado para realizar doações oficiais e extraoficiais à campanha do ex-governador. A ex-secretária de administração Livânia Farias, presa em março de 2019, também citou Vladimir e disse que a empresa Grafset, na qual ele é diretor-presidente, foi responsável por parte das propinas entregue na residência do então governador Ricardo Coutinho.