quinta-feira, 27 de fevereiro de 2020
Busca

Paraíba

Paraíba

Atraso na coleta de lixo continua causando transtornos para moradores de João Pessoa

População reclama que não aguenta mais o mau cheiro, além de tapurus e outros bichos invadindo suas casas

Por Yasmin Alencar

12h15
Foto: Reprodução/TV Tambaú
A recicladora Angelita do Espírito Santo aproveitou o lixo para catar latinha.
A recicladora Angelita do Espírito Santo aproveitou o lixo para catar latinha. Foto: Reprodução/TV Tambaú

O lixo espalhado pelas ruas de João Pessoa causou transtornos ainda maiores à população do município após se misturar com a água das fortes chuvas da quinta-feira (13) que caíram na Capital. Quem andou pelas ruas da cidade pôde ver sacos de lixo seguindo em direção às bocas de lobo e se acumulando no meio fio das calçadas.

Leia também:
Agentes de limpeza urbana realizam protesto em frente à Prefeitura de João Pessoa

Isso se deu devido a coleta que não é realizada desde o fim do contrato da empresa responsável com a prefeitura de João Pessoa. Muitos moradores reclamaram que não aguentam mais o mau cheiro, além de tapurus e outros bichos invadindo suas casas. Por outro lado, mesmo em meio a toda a crise, ainda há quem tira proveito da situação, como é o caso da recicladora Angelita do Espírito Santo, ela aproveita o lixo espalhado para pegar latinhas e restos de comida para seus animais. "Pego latinha, comida, alumínio e ferro", relatou.

De acordo com a Empresa Municipal de Limpeza Urbana (Emlur), o novo calendário de coleta de lixo deve ser normalizado até o domingo (16) sendo realizado por três empresas contratadas temporariamente.