terça-feira, 11 de agosto de 2020
Busca

Paraíba

Paraíba

CRM-PB identifica superlotação e outras irregularidades no Ortotrauma de Mangabeira

O órgão informou que há precariedade no número de leitos da unidade hospitalar, medicamentos básicos estão em falta e existe superlotação

Por Carlos Rocha

23h37

Após fiscalização do Conselho Regional de Medicina (CRM-PB), na tarde desta quarta-feira (15), foram observadas algumas irregularidades no Complexo Hospitalar de Mangabeira Tarcísio de Miranda Burity, mais conhecido como o Trauminha de Mangabeira, em João Pessoa. O órgão informou que há precariedade no número de leitos da unidade hospitalar, medicamentos básicos estão em falta e existe superlotação.

Segundo o presidente do CRM-PB, Roberto Magliano, pacientes foram encontrados nos corredores, além disso foi constatada a falta de medicamentos, como antibióticos e anestésicos, insumos e outros. ele afirmou que há irregularidades estruturais, como paredes mofadas, cadeiras quebradas, ar condicionado sem funcionar, falta de roupa de cama para os pacientes, elevadores quebrados há dois anos, que dificulta a locomoção dos pacientes, principalmente no pós-operatório, entre os andares da unidade.

O CRM-PB ressaltou a preocupação em diagnosticar irregularidades para que a gestão possa dar condições de atendimento a profissionais e pacientes. O presidente disse que a intenção não é interditar o hospital

Em nota, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de João Pessoa disse que está à disposição para dialogar com a entidade e está aguardando o relatório da visita para futuros pronunciamentos. A nota diz ainda que, só este mês, já foram realizadas 325 cirurgias no hospital, sendo 107 cirurgias ortopédicas somente no último final de semana.