quarta-feira, 22 de janeiro de 2020
Busca

Paraíba

Paraíba

Quase 100 veículos são apreendidos pela PRF durante operação na Paraíba

Neste segundo final de semana da Operação Verão 2020, 2.756 pessoas foram fiscalizadas, sendo autuadas 951 infrações de trânsito.

Por Redação Portal T5

00h00 - Atualizado 13/01/2020 às 12h12
Foto: Divulgação/Polícia Rodoviária Federal

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) fiscalizou, neste segundo final de semana da Operação Verão 2020, 2.756 pessoas, sendo autuadas 951 infrações de trânsito. Durante a fiscalização, 32 condutores foram flagrados dirigindo sob efeito de álcool. Conforme a PRF, 96 veículos irregulares foram recolhidos e 19 pessoas foram detidas na região metropolitana de João Pessoa e Cabedelo e nos acessos ao litoral paraibano.

Durante este domingo (12), a PRF realizou uma ação integrada de fiscalização de motocicletas em todo o território nacional, atividade que faz parte da Operação Rodovida. Na Paraíba, foram fiscalizadas 165 motocicletas, sendo 55 recolhidas para os pátios da PRF com irregularidades. Foram autuadas 119 infrações de trânsito, sendo 22 motociclistas flagrados com problemas na CNH, estando com habilitação vencida ou nem sequer possui habilitação.

Já o balanço nacional apresentou 10.659 motocicletas abordadas no Brasil. Dessas, 4441 infrações foram autuadas, sendo 1/4 referentes a problemas com habilitação do condutor e 250 infrações por falta de uso do capacete. Ao todo, foram removidas 978 motocicletas que apresentaram irregularidades.

A Operação Verão 2020 na Paraíba, que se iniciou no sábado (4) e terá duração até o dia 19 de janeiro de 2020, contabilizou até o domingo (12), 8.172 pessoas fiscalizadas e registrou números alarmantes. Foram 60 pessoas flagradas dirigindo sob influência do álcool e 58 detidas por diversos crimes, sendo seis veículos recuperados. Ainda, foram autuadas 3.167 infrações e 306 veículos recolhidos por irregularidades.

Leia mais:

Motorista preso após fugir de blitz na Grande João Pessoa tentou atropelar agentes, diz PRF

Delação: Livânia afirma que João Azevêdo recebia propina de R$ 120 mil por mês