quinta-feira, 02 de abril de 2020
Busca

Paraíba

Paraíba

João Pessoa lidera acidentes de trabalho em cidades da Paraíba

Campina Grande e Santa Rita aparecem na sequência.

Por Redação Portal T5

15h19
Foto: Reprodução / Internet

De acordo com dados do novo Observatório de Segurança e Saúde no Trabalho, ferramenta do Ministério Público do Trabalho (MPT) e da Organização Internacional do Trabalho (OIT) lançada em julho deste ano, a Paraíba teve uma média de 12 acidentes de trabalho por dia em 2018.

Ao todo, foram 4,3 mil ocorrências registradas no referido ano. O maior percentual foi computado em João Pessoa, com 1,8 mil incidentes. Com esses registros, a cidade aparece no 55º lugar do ranking nacional de notificações de acidentes (os 5.570 municípios brasileiros integram a lista).

Nesta sexta-feira (30), um homem morreu e outro ficou gravemente ferido durante um acidente de trabalho em uma empresa no Distrito Industrial, em João Pessoa. Ontem (quinta-feira, 29), outro homem morreu após cair de uma altura aproximada de 10 metros em um galpão na cidade de Santa Rita, na Grande João Pessoa.

Acidentes de Trabalho na Paraíba (por cidade)

1,8 mil em João Pessoa

854 em Campina Grande

373 em Santa Rita

No Brasil acontecem 72 acidentes de trabalho por hora, segundo o observatório. Um total de 623,8 mil ocorrências foram registradas.

De acordo com os dados, ‘atividades de Correio’ (12% ou 970 casos), ‘construção de edifícios’ (8% ou 606 notificações de acidentes), ‘atividades de atendimento hospitalar’ (7% ou 583 ocorrências), ‘comércio varejista de mercadorias em geral, com predominância de produtos alimentícios - hipermercados e supermercados’ (4% ou 354) são os setores econômicos com mais notificações de acidentes de trabalho na capital.

Além dessas atividades, aparecem ‘coleta de resíduos’ (3% ou 233 casos), ‘incorporação de empreendimentos imobiliários’ (3% ou 222), ‘fabricação de produtos cerâmicos para uso estrutural na construção (3% ou 209), ‘fabricação de refrigerantes e outras bebidas (2% ou 179), ‘distribuição de energia elétrica’ (2% ou 171), ‘teleatendimento’ (2% ou 170), ‘restaurantes e outros estabelecimentos (2% ou 168) e ‘atividades de apoio à gestão de saúde’ (2% ou 158) entre as áreas com mais notificações de acidentes.

Somente no período de 2012 a 2018, João Pessoa registrou 8 mil acidentes de trabalho. Os números são altos, mas ainda há subnotificação. Na capital paraibana, essa estimativa chegou a 35,7% em 2018.

Leia mais: homem confessa que matou esposa por dívida de R$ 7 mil na Paraíba

Suspeitos de matar estudante de 16 anos na PB são presos com celular da vítima no Recife

Homem é assassinado a facadas em condomínio residencial de João Pessoa

Siga nosso Instagram Facebook e fique bem informado!