segunda-feira, 18 de novembro de 2019
Busca

Paraíba

Paraíba

Mais de mil pessoas foram picadas por escorpiões em João Pessoa em 2019

​Segundo os especialistas, apesar de dolorosas, a maioria das picadas é inofensiva.

Por Redação Portal T5

10h02 - Atualizado 31/07/2019 às 10h12
Foto: Ilustrativa/ Portal JNN

Mesmo com o período de chuvas em João Pessoa, o Hospital Universitário Lauro Wanderley, na Universidade Federal da Paraíba (UFPB), mantém o índice constante de atendimentos a pessoas picadas por escorpiões.

De acordo com Hemerson Iury, coordenador do Centro de Assistência Toxicológica (Ceatox), 1097 pacientes foram vítimas do inseto e atendidas na unidade. Em julho, 190 vítimas foram socorridas, segundo o órgão, o número está entre a média de atendimentos por mês, como informado ao Portal T5.

Segundo os especialistas, apesar de dolorosa, a maioria das picadas é inofensiva. No entanto, algumas espécies podem ter picadas fatais, principalmente em crianças pequenas e idosos. Os sintomas leves incluem dor e inchaço no local da picada, já em casos graves, incluem espasmos musculares, sudorese e salivação

O tipo de escorpião mais perigoso é a espécie de escorpião conhecido como “Escorpião do Nordeste” que é o Tityus stigmurus, de tronco amarelo escuro, apresentando um triangulo negro no cefalotórax.

Veja mais:

Procuradoria deve recorrer liminar que possibilita comerciantes trabalharem na Festa das Neves