Paraíba, quarta-feira, 21 de agosto de 2019
30° C
Busca

Paraíba

Paraíba

Paraíba registra 12 novos casos de microcefalia entre 2018 e 2019

Mesmo com a epidemia aparentemente contida há dois anos, o campo científico ainda é carente de respostas sobre diagnósticos profundos.

Por Dennison Vasconcelos

10h00 - Atualizado 22/07/2019 às 10h48
Nícolas tem três anos e tem a companhia de Raquel para sessões de tratamentos cognitivos e motores prejudicados pela doença.
Nícolas tem três anos e tem a companhia de Raquel para sessões de tratamentos cognitivos e motores prejudicados pela doença. Foto: Dennison Vasconcelos/RTC

Dados fornecidos pela Secretaria de Estado da Saúde revelam o índice de diagnósticos de recém-nascidos com microcefalia após o surto ocorrido há quatro anos.

Confira a reportagem especial:

Falta de incentivo em pesquisas dificulta conhecimento de causas da microcefalia 

Entre 2015 e 2016, foram registrados 176 casos no estado; em 2017 os números verificados pelo órgão apresentaram queda, anotando 7 casos; já entre 2018 e este ano, os números voltaram a crescer e já somam 12 diagnósticos.

Mesmo com a epidemia aparentemente contida há dois anos, o campo científico ainda é carente de respostas sobre diagnósticos profundos e novos casos insistem em aparecer.

Pesquisadores na UFPB questionam as razões da malformação congênita em que o cérebro não se desenvolve de maneira adequada. No Dia Mundial do Cérebro, celebrado nesta segunda-feira (22), a reportagem do Portal T5 conheceu histórias de mães, especialistas e professores que setem dificuldade no avanço dos tratamentos e análise das causas da doença. Confira a reportagem especial sobre o tema: Falta de incentivo em pesquisas dificulta conhecimento de causas da microcefalia