segunda-feira, 18 de novembro de 2019
Busca

Paraíba

Paraíba

Mais de 30 cães podem ter sido envenenados em município da PB

Quase 30 cães foram mortos em cerca de 20 dias, de acordo com a secretaria de saúde de Santana de Mangueira

Por Carlos Rocha

13h44 - Atualizado 11/06/2019 às 15h39

Uma onda de mortes de cães por envenenamento deixou a população de Santana de Mangueira, no interior da Paraíba, em alerta. Só nos últimos dias, quase 30 animais foram mortos. Todas as mortes foram decorrentes de envenenamento.

+ Operação do MP interdita bares e prende gerentes na orla de João Pessoa

Representantes de órgãos de vigilância em saúde do município procuraram a Secretaria de Estado da Saúde. A orientação foi a veiculação de apelos à população tanto para denunciar, quanto para não realizar esse tipo de prática.

Nesses casos, a Polícia Civil orienta a denúncia através do 197 (disque denúncia). De acordo com o Artigo 32 da Lei de Crimes Ambientais (nº 9605), de 1998. “Praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos” é crime no Brasil. A pena é detenção de três meses a um ano, aumentada de um sexto a um terço em caso de morte do animal.

Leia Também:

+ Band volta a vazar 'spoiler' e mostra quem volta na repescagem do Mastechef 2019

+ Namorada de Rafael Miguel revela que mãe ficou contra ela depois da morte do ator

+ Namorada de Rafael Miguel relata último encontro com o ator

+ Irmã de Rafael Miguel desabafa sobre assassinato da família: "Arma nunca será objeto de defesa"