Paraíba, quarta-feira, 26 de junho de 2019
30° C
Busca

Paraíba

Paraíba

Mais de 30 cães podem ter sido envenenados em município da PB

Quase 30 cães foram mortos em cerca de 20 dias, de acordo com a secretaria de saúde de Santana de Mangueira

Por Carlos Rocha

13h44 - Atualizado 11/06/2019 às 15h39

Uma onda de mortes de cães por envenenamento deixou a população de Santana de Mangueira, no interior da Paraíba, em alerta. Só nos últimos dias, quase 30 animais foram mortos. Todas as mortes foram decorrentes de envenenamento.

+ Operação do MP interdita bares e prende gerentes na orla de João Pessoa

Representantes de órgãos de vigilância em saúde do município procuraram a Secretaria de Estado da Saúde. A orientação foi a veiculação de apelos à população tanto para denunciar, quanto para não realizar esse tipo de prática.

Nesses casos, a Polícia Civil orienta a denúncia através do 197 (disque denúncia). De acordo com o Artigo 32 da Lei de Crimes Ambientais (nº 9605), de 1998. “Praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos” é crime no Brasil. A pena é detenção de três meses a um ano, aumentada de um sexto a um terço em caso de morte do animal.

Leia Também:

+ Band volta a vazar 'spoiler' e mostra quem volta na repescagem do Mastechef 2019

+ Namorada de Rafael Miguel revela que mãe ficou contra ela depois da morte do ator

+ Namorada de Rafael Miguel relata último encontro com o ator

+ Irmã de Rafael Miguel desabafa sobre assassinato da família: "Arma nunca será objeto de defesa"