Paraíba, sexta-feira, 23 de agosto de 2019
30° C
Busca

Paraíba

Paraíba

Família de Gabriel Diniz abre casa e mostra ao Portal T5 lugar preferido do artista

O pai do cantor ainda revelou os planos para não deixar a memória do artista ser esquecida.

Por Dennison Vasconcelos

13h57 - Atualizado 03/06/2019 às 05h06
Foto: Divulgação

Há uma semana o país acompanha a repercussão do acidente aéreo que tirou a vida de José Gabriel de Souza Diniz. Por volta das 12h, do dia 27 de maio, o avião de pequeno porte que transportava o artista caiu no povoado Porto do Mato, em Estância, na região sul de Sergipe.

Além do cantor, também morreram Linaldo Xavier e Abraão Farias pilotos e diretores do Aeroclube de Alagoas.

Aos 28 anos Gabriel Diniz deixou muito mais que o sucesso de Jenifer, hit do verão de 2019. Para a família, que não menciona o artista no passado, ele é alegria.

Sapato usado por Gabriel Diniz durante turnês de shows.
Sapato usado por Gabriel Diniz durante turnês de shows. Foto: Dennison Vasconcelos/RTC

O pai de GD, Cizinato Diniz, abriu a casa onde morava com o filho, mostrou os lugares preferidos do cantor nos dias de folga e contou ao Portal T5 os planos para não deixar a memória do artista ser esquecida. 

Dentro da casa, onde vivem há 14 anos, em um bairro nobre de João Pessoa, Cizinato revelou que a agenda intensa de shows mantinha Gabriel longe da família, mas fazia o possível para que ele se sentisse acolhido no lar. "Eu sempre dizia que o amava e ele falava isso para mim também. Gabriel chegava dos shows cansado me pedia um xero e ia preparar algum coisa para comer, antes de ir dormir", contou.

Naquela segunda-feira o destino do voo do cantor era uma praia de Maceió, em Alagoas. Lá, junto da família, ele iria comemorar o aniversário de 25 anos da namorada Karoline Calheiros. Antes de entrar no avião, após um show realizado em Feira de Santana, na Bahia, Gabriel conversou com a mãe e falou do desejo de encontrar a família e a companheira: "A gente vai tá logo logo junto aí".

Cizinato relatou o período do luto e o acolhimento das pessoas. "Só Deus mesmo que está me blindando para eu não sentir tanta coisa. Ele quem está me dando força para apoiar Ana (esposa) e Milena (filha)". Os laços de amizades feitos por GD também não se desfizeram e são presentes neste momento. "Minha casa não para nenhuma hora, ontem mesmo havia mais de 20 pessoas aqui. Lembramos dele, vimos fotos e vídeos. Os amigos de Gabriel, que também são meus, estão cuidando de nós", disse.

Parentes e amigos organizam camisas em homenagem ao cantor para missa de 7º dia.
Parentes e amigos organizam camisas em homenagem ao cantor para missa de 7º dia. Foto: Dennison Vasconcelos/RTC

Durante a entrevista no jardim da casa, o pai de GD, atento, observava os preparativos da celebração da missa de 7º dia, que acontece neste domingo (2), na Catedral Basílica de Nossa Senhora das Neves, no Centro da cidade. Camisas brancas mencionam o sucesso de Gabriel junto da possível motivação da força da família neste momento. Letras pretas grafavam: O NOME DELA É...JENIfé.

Reservados, amigos e familiares preferiram não conversar com nossa equipe.

LEMBRANÇAS - Um dos lugares favoritos de Gabriel na casa é um espaço próximo ao terraço. "É um ambiente feito para ele receber os amigos, comer, ver filmes e cantar". No sofá, as últimas roupas usadas pelo artista aumentavam o tom de saudade do pai. "Um destes ternos ele usou no casamento de Carlinhos Maia. Ele vestiu com uma sandália de borracha, bem nordestino mesmo. Eu pensei: 'Esse Gabriel é um safado mesmo ir de chinelo para um casamento...', sorriu ao contar.

O espaço também dava lugar a troféus, sapatos e uma herança distante da realeza portuguesa, o brasão da família Diniz - presente dos amigos.

Piano de Gabriel Diniz guarda lembranças do artista na sala da casa da família.
Piano de Gabriel Diniz guarda lembranças do artista na sala da casa da família. Foto: Dennison Vasconcelos/RTC

A sala da casa também abriga um lugar importante para família, ao redor de objetos e CD's do cantor, o espaço onde fica o piano guarda lembranças vivas do sucesso. Na base do instrumento, a premiação do Single de Diamante pela a música mais ouvida do Brasil. Uma homenagem da gravadora Universal Music a Gabriel Diniz. Uma vitrola também decora o espaço saudoso. "Eu sempre gostei de música sertaneja e ele herdou isso. E nós cantávamos juntos as músicas mais antigas", contou.

RAÍZES - Para família, uma outra parte importante da casa é o jardim. O lugar abriga raízes de afeto fixadas pelos integrantes de lá. Quatro palmeiras plantadas pelo patriarca simbolizam a união entre os parentes. O pai de Gabriel, revelou que a primeira árvore simboliza o líder do lar, seguido pela esposa e os filhos, entre mãe. "Ele gosta muito desse jardim e de ficar sentado nesse banco de madeira aqui, feito por mim", disse.

Músicas inéditas e clipes em produção estão em fase de negociação com a família para serem lançados pela gravadora. Segundo o pai do cantor, futuramente um espaço deve abrigar os prêmios, instrumentos, as roupas coloridas e os sapatos irreverentes que alegraram em pouco tempo, mas imensa intensidade, os fãs de Gabriel Diniz.

Palmeiras simbolizam representantes da família Diniz.
Palmeiras simbolizam representantes da família Diniz. Foto: Dennison Vasconcelos/RTC