Paraíba, quinta-feira, 20 de junho de 2019
30° C
Busca

Paraíba

Paraíba

Na Paraíba, acidentes afastam 17 mil trabalhadores das suas atividades

A taxa de mortalidade é de seis ocorrências a cada 100 mil trabalhadores empregados no mercado de trabalho formal,

Por Redação Portal T5

18h21

No Brasil, por dia, pelo menos oito trabalhadores perdem a vida em acidentes de trabalho. Entre 2012 e 2018, foram 17 mil vítimas fatais no Brasil (sendo pelo menos 141 na Paraíba).

A taxa de mortalidade é de seis ocorrências a cada 100 mil trabalhadores empregados no mercado de trabalho formal, situando-se acima da média dos países das Américas. Os dados são do Observatório de Saúde e Segurança no Trabalho, ferramenta do MPT e da OIT.

Ainda conforme o levantamento, na Paraíba, acidentes de trabalho e doenças ocupacionais afastaram 17,5 mil das suas atividades, entre 2012 e 2018. Desses, quase 2 mil trabalhadores foram afastados só no ano passado. Esses afastamentos previdenciários geraram um prejuízo total de R$ 150 milhões aos cofres públicos, ao longo desse período.

Trabalhadores do setor de saúde têm a maior quantidade de ocorrências registradas (10% dos casos), sobretudo em relação a profissionais de enfermagem e limpeza. Já do ponto de vista das ocupações, os registros predominam entre alimentadores de linha de produção (5,5%), técnicos de enfermagem (5%), faxineiros (3,2%), serventes de obras (2,8%) e motoristas de caminhão (2,4%).

Acidentes

Cerca de 20 mil acidentes de trabalho foram registrados na Paraíba desde 2012 até hoje, segundo os dados do Observatório de saúde e Segurança do Trabalho.

Para lembrar essa “legião” de vítimas, eventos irão ocorrer neste domingo (28) em várias cidades brasileiras, Dia Mundial em Memória às Vítimas de Acidentes de Trabalho. Em João Pessoa, às 7h, acontecerá um Passeio Ciclístico do Abril Verde pelo terceiro ano consecutivo. A concentração será às 6h no Busto de Tamandaré, com largada às 7h em direção ao Mag Shopping, em Manaíra.