sábado, 07 de dezembro de 2019
Busca

Paraíba

Paraíba

Operação do Exército fiscaliza estabelecimentos de armas e munições na Paraíba

Segundo o órgão, 10 equipes de militares fiscalizam 24 empresas no estado nesta terça-feira (9).

Por Redação Portal T5

10h18 - Atualizado 09/04/2019 às 10h45
Exército fiscaliza lojas de comércio de armas de fogo e munições.
Exército fiscaliza lojas de comércio de armas de fogo e munições. Foto: Divulgação/ 71º Batalhão de Infantaria Motorizado

Um operação de fiscalização de empresas de comércio e manutenção de armas e munições foi deflagrada pelo Exército Brasileiro na manhã desta terça-feira (9), na Paraíba e no Rio Grande do Norte.

A Operação Alta Pressão VIII tem objetivo de verificar a correção de procedimentos e de documentação relativas à comércio de armas, munições e seus insumos.

De acordo com a Diretoria de Fiscalização de Produtos Controlados, equipes militares fiscalizarão 24 empresas em João Pessoa, Campina Grande, Esperança, Sousa, Cajazeiras e em cidades que possuírem a comercialização do produto.

 Veja também: Jovem é assassinado com 19 tiros em Bayeux; alvo do crime era o irmão, diz polícia

As equipes do Serviço de Fiscalização de Produtos Controlados do 71º Batalhão de Infantaria Motorizado (71º BI Mtz), sediado em Garanhuns-PE e do 15º Batalhão de Infantaria Motorizado (15º BI Mtz) estão participando das ações, juntamente com os Órgãos de Segurança e Ordem Pública, na Guarnição de João Pessoa e no interior da Paraíba, fiscalizando várias empresas que comercializam armas de fogo e munições. As equipes também visitarão estabelecimentos no Rio Grande do Norte.  

Na última ação realizada pelo exército, ocorrida em outubro de 2018, foram apreendidas 41.288 munições, 1.135 armas de fogo, 172 armas de pressão entre elas 22 airsoft e duas lunetas de uso restrito em todo o país. Ao todo, 95 empresas foram autuadas por irregularidades administrativas no trato com Produtos Controlados pelo Exército (PCE).

Saiba mais:

Vídeo: vigilante atira contra suspeitos e impede assalto em Campina Grande

Igreja Católica divulga programação da Semana Santa em João Pessoa