Paraíba, sábado, 25 de maio de 2019
30° C
Busca

Paraíba

Paraíba

UFPB criará banco de sementes para produtores de mandioca

Nesta unidade conservadora de material genético de uso imediato ou com potencial de utilização futura, serão inseridas novas variedades do arbusto.

Por Redação Portal T5

09h13

A Universidade Federal da Paraíba (UFPB) está articulando a criação de banco de sementes para produtores de mandioca na Paraíba, no município de Mari, Região Geográfica Imediata de João Pessoa, a 60 km da capital.

Nesta unidade conservadora de material genético de uso imediato ou com potencial de utilização futura, serão inseridas novas variedades do arbusto. A ação tem o objetivo de fortalecer o sistema produtivo da mandioca na cidade e na região. Trabalhadores rurais de Santa Rita, Pilar, Mataraca, Mamanguape, Alagoinha e Sertãozinho também serão beneficiados.

Tratos culturais adequados, articulação para a implantação de unidade de processamento e beneficiamento da mandioca e capacitação focada na agregação de valor aos seus derivados, com uso de técnicas para a ampliação da utilização das raízes, das folhas e dos resíduos, serão planejados em breve.

Grupo de Trabalho (GT) foi criado para discutir, formular e construir diretrizes e coordenar as atividades. Representarão a UFPB os pesquisadores Maria Gorete de Figueiredo e Adailson Pereira de Souza.

Os integrantes se reunirão no campus II da UFPB, em Areia, no próximo dia 20 de março, com o intuito de arquitetar seminário para os trabalhadores rurais, a fim de inteirá-los sobre a situação produtiva e encaminhamentos. A formação será realizada em 24 de março, em Mari.

Essas resoluções foram definidas na manhã do dia 7 de março, na sala de reunião da Pró-reitoria de Graduação (PRG), no prédio da Reitoria, no campus-sede, em João Pessoa, por representantes do IDP/UFPB e da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Agrário do Município de Mari (PB), junto ao Banco do Nordeste, Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), entre outros.

Atualmente, segundo o IDEP/UFPB, o município de Mari é o maior produtor de mandioca em termos de área cultivada. No entanto, sua produtividade é baixa, devido a técnicas de cultivo ultrapassadas e à ocorrência de uma nova praga ainda não identificada. A cidade já teve 32 casas de farinha e hoje só possui duas.

Fonte: Pedro Paz/Ascom/UFPB