Paraíba, sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019
30° C
Busca

Paraíba

Paraíba

Hospital de Trauma registra 10 mil atendimentos oriundos de acidentes de trânsito

Nos últimos quatro anos, já deram entrada na unidade de saúde mais de 42 mil vítimas. Em 2018 foram 10.401.

Por Redação Portal T5

10h13

O Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa registrou em 2018, 10.401 atendimentos de vítimas de acidentes de trânsito. Em quatro anos foram 42 mil vítimas.

Os homens são os que mais se envolvem em acidentes, número três vezes maior do que mulheres, 7.722 contra 2.716. Já a faixa etária que mais se torna vítima é de 18 a 59 anos com 80% ou 8.379, seguidos por adolescentes 978, crianças 605 e idosos 476.

Para o diretor técnico do hospital, Leonardo Leite, os acidentes de trânsito já são considerados uma pandemia, devido aos números caóticos. “Atualmente, de cada 10 pacientes que atendemos aqui, sete são de acidentes de trânsito, principalmente moto, sendo que a maioria é causada por imprudência dos motoristas”, completou.

Os atendimentos envolvendo acidentes de motos reduziu de 2017 para 2018, mas ainda seguem altos. Entre 2015 a 2017, houve um aumento em média de 5% ao ano. Já em 2018, quando foram registradas 7.756 ocorrências, houve um decréscimo de 4,7%, com relação a 2017 quando tiveram 8.131 vítimas.

Segundo Leonardo Leite, dentre os traumas ocasionados pelos acidentes de trânsito, o politraumatismo é o mais recorrente e o mais grave.

Ainda de acordo com a análise dos números apresentados pelo setor de estatística da instituição, os atropelamentos ocuparam a segunda posição entre os acidentes de trânsito com 1.044, seguidos por: automóvel (986), bicicleta (590) e ônibus (25). Os bairros onde ocorre a maioria dos acidentes na capital paraibana são: Valentina(371), Mangabeira (368) e Centro (242). Outros locais que chamam a atenção estão localizados na BR-230 (668) e nos municípios de Santa Rita (553), Bayeux(454), Mamanguape(291) e Cabedelo (218).

Com informações da Secom-PB