TV Tambaú
Jovem Pan
Nova Brasil Maceió
º
operação calvário

Calvário: audiência de instrução de Gilberto Carneiro é adiada por falta de testemunha

A informação foi confirmada pelo juiz titular da 5ª Vara, Giovani Magalhães Porto

Por Redação Publicado em
Gilberto carneiro
Foto: Reprodução

A audiência de instrução e julgamento do ex-procurador-geral do estado, Gilberto Carneiro e de sua ex-secretária, Maria Laura Caldas de Almeida, presos na Operação Calvário, precisou ser adiada. O motivo seria a não intimação de uma das testemunhas. Um prazo de cinco dias foi estabelecido para que advogados informassem o endereço correto da testemunha. A informação foi confirmada pelo juiz titular da 5ª Vara, Giovani Magalhães Porto.

Além disso, o representante do Ministério Público não compareceu à audiência. Octavio Paulo Neto, Coordenador do Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco/MPPB), disse, em contato com o Portal T5, que a testemunha ausente foi solicitada pelo MPPB, e como não foi intimada, o promotor não compareceu.

Após capotar carro, mulher toca 'Aleluia' em violino e emociona bombeiros; veja

O ex-procurador-geral se tornou réu na Operação Calvário, que investiga uma organização criminosa responsável por desvio de recursos públicos. A ex-secretária de Gilberto, Maria Laura Caldas de Almeida, presa na operação, recebeu algumas medidas cautelares para cumprir. Ela teve o relaxamento da prisão a partir de delação premiada.

Madonna aparece “bebendo urina” em banheira de gelo; 

O Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco/MPPB) denunciou os servidores públicos, Maria Laura Caldas de Almeida Carneiro e Gilberto Carneiro da Gama, pelos crimes de peculato e lavagem de dinheiro. A operação, deflagrada em 2018, já é responsável pela recuperação de quase R$ 5 milhões.

A Operação

A operação, que teve início no ano passado, investiga possíveis irregularidades em contratos entre o Governo do Estado e Organizações Sociais responsáveis por gerir o serviço de saúde, como a Cruz Vermelha no Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa Senador Humberto Lucena.

"Ladrão de sorvete" é flagrado durante transmissão ao vivo e vídeo viraliza; veja

A ex-secretária de Administração da Paraíba, Livânia Farias, chegou a ser presa em março, mas foi solta após prestar depoimento e confessar os crimes apontados em denúncias formalizadas pelo MPPB.

Leia Mais: Palhaço mirim da PB faz piada com Silvio Santos e web pede: "Contrata para o Bom dia e Cia"

Siga nosso Instagram Facebook e fique bem informado! 

Adicione nosso WhatsApp: (83) 9 9142-9330.



Relacionadas