segunda-feira, 09 de dezembro de 2019
Busca

Paraíba

Paraíba

Divulgado edital de processo seletivo para Colégio da Polícia Militar

As inscrições estarão abertas no período de 18 de novembro a 06 de dezembro.

Por Redação Portal T5

09h27 - Atualizado 08/11/2019 às 12h53

Foi divulgado no Diário Oficial desta quinta-feira (7) o edital de abertura de inscrições para admissão no Colégio da Polícia Militar Estudante Rebeca Cristina Alves Simões, para o ano letivo de 2020.

+ Policial morto durante ocorrência será homenageado pelo Governo da PB

O processo seletivo destina-se, única e exclusivamente, ao preenchimento das vagas referentes ao ano letivo 2020 para matrícula na 1ª Série do Ensino Médio Integrado, 9º Ano do Ensino Fundamental II, 8º Ano do Ensino Fundamental II e 6º Ano de Ensino Fundamental II.

+ Prefeitura de Cabedelo divulga concurso público com 276 vagas

As vagas para o Colégio da Polícia Militar obedecerão à seguinte proporção: 60% das vagas serão destinadas aos filhos e netos de policiais militares da PMPB e 40% para ampla concorrência.

As inscrições estarão abertas no período de 18 de novembro a 06 de dezembro, no horário das 8h às 11h e das 14h às 17h, na secretaria do Colégio da Polícia Militar da Paraíba, situado na Rua Maria Alves da Silva, s/n°, Conjunto Mangabeira VII, João Pessoa – PB.

+ Diário Oficial traz promoção de oficiais da Polícia Militar

O pedido de inscrição deverá ser formulado presencialmente em requerimento padrão, disponível

na Secretaria da Escola, pelo pai/mãe ou representante legal do candidato, dirigido ao Diretor do Colégio da Polícia Militar Estudante Rebeca Cristina Alves Simões

Quando o número de inscritos for maior que o número de vagas oferecidas, a seleção se dará mediante sorteio público, a ser realizado no dia 16 de dezembro, às 9h.

A lista de contemplados será divulgada ao final do sorteio, no Colégio da Polícia Militar, como também será publicada no Diário Oficial do Estado.

+ Prêmio Comunique-se: Roberto Cabrini é o melhor repórter da TV brasileira em 2019

+ PB tem receita comprometida e pode decretar 'estado de emergência', segundo Governo Federal